segunda-feira, 17 de maio de 2010

CBS Encomenda a Série Havaí 5-0 (Atualizado)

Daniel Dae Kim e Alex O'Loughlin

O anúncio oficial será feito durante coletiva à imprensa essa semana, mas por hora já estão confirmadas as produções de mais quatro séries, "Havaí 5-0", "Defenders", com Jim Belushi, "Blue Bloods", ex-"Reagan's Law", com Tom Selleck, a spinoff de "Criminal Minds", e "Bleep My Dad Says", com William Shatner, sobre as quais falarei mais tarde. As três farão companhia à "Mike & Molly", anteriormente divulgada. O número de episódios encomendados ainda está para ser anunciado.

Originalmente criada por Leonard Freeman, a nova versão da série dos anos 60/70 ganhou adaptação pelas mãos do roteirista Peter Lenkov, de "CSI: NY", com produção da dupla Roberto Orci e Alex Kurtzman, de "Fringe" e "Alias". Estrelada por Alex O'Loughlin, a série é a terceira tentativa do ator australiano, e do canal, em emplacar uma produção na TV americana. A primeira foi "Moonlight", cancelada prematuramente, o que deixou os fãs da série revoltados. Apesar das campanhas, a produção não foi resgatada por nenhum canal. A segunda tentativa foi "Three Rivers", também cancelada em sua primeira temporada. Agora, com "Havaí 5-0", Alex dá vida ao personagem Steve McGarrett, anteriormente interpretado por Jack Lord, já falecido.

Steve é o chefe de polícia da divisão estadual do Havaí que presta contas diretamente à governadora da ilha, Pat Jamenson (Jean Smart, vista de "Samantha Who?"). Entre seus assistentes estão Danny Williams (Scott Caan, anteriormente interpretado por James MacArthur) e Chin Ho Kelly (Daniel Dae Kim, de "Lost", anteriormente interpretado por Kam Fong Chu, já falecido). Williams é um policial veterano que fez carreira no Departamento de Polícia de Baltimore. Recém divorciado, é transferido para o Havaí a seu pedido, para poder ficar mais perto de sua filha de 7 anos. Membros das famílias de McGarrett e Kelly também farão parte do elenco semiregular dessa nova versão.

Grace Park, a Boomer de "Battlestar Galactica", novamente assume um personagem anteriormente interpretado por um homem. Ela será a detetive Kona Kono Kalakaua, personagem anteriormente  interpretado por Zulu, já falecido. Agora, Kono é apresentada como sendo a sobrinha prima de Chin Ho Kelly (Daniel Dae Kim).

Scott Caan, Daniel Dae Kim, Alex O'Loughlin e Grace Park

A ideia de se produzir uma nova versão de "Havaí 5-0" surgiu em 2008, quando a CBS anunciou junto à imprensa de que se trataria de uma nova geração estrelada pelo filho de Steve McGarrett. No entanto, o projeto mudou de mãos, passando de Ed Bernero, de "Criminal Minds", para Kurtzman, Orci e Lenkov, que decidiram fazer um remake e não uma spinoff, trazendo de volta a trama em torno do próprio Steve McGarrett e sua equipe.

Esta é a segunda tentativa de se produzir uma nova "Havaí 5-0". Em 1997 chegou a ser filmado o piloto de uma spinoff escrita por Stephen J. Cannell e estrelado por Gary Busey e Russell Wong, com participação de James MacArthur reprisando seu personagem, Dan Williams, agora governador do Havaí; mas a produção da série não vingou.

Além do remake, a série "Havaí 5-0" ainda poderá ter uma versão cinematográfica. Existe um projeto de longa data para levá-la ao cinema, o qual está em fase de desenvolvimento. O filme, com roteiro de Christian Gudegast, Max Makowski, George Nolfi e Roger Towne, está a cargo da George Litto Productions para a Warner Brothers.

Por curiosidade: abertura e trecho do piloto produzido em 1997 e estrelado por Gary Busey, tendo a participação de James MacArthur (Danny Williams)


3 comentários:

Spockhur disse...

Como fã de Havaí 5-0, fico feliz pelo remake ter sido aprovado pela CBS. Espero que, caso faça sucesso, a Paramount volte a lançar os dvds da série por aqui, que ficou parada na 5ª temporada enquanto já está na nona nos EUA.
Espero ainda que a nova versão consiga ao menos ter roteiros com qualidade parecidos ao do original, os quais eram simplesmente fantásticos.

David Enoch disse...

Ela será a detetive Kona Kalakaua, anteriormente interpretado por Zulu, já falecido.

Fernanda, essa sua frase ficou um tanto esquisita...rs...já que vc não mencionou o nome do personagem Kono Kalakaua nenhuma vez.

Eu sou completamente contra remakes de séries clássicas de TV assim como também desaprovei inteiramente (e nem vi no cinema -- mas foi o filme sobre o qual mais li na vida, antes e depois do lançamento) o remake de Star Trek.

Esse remake de H5O ainda tem o agravante dessa idiotice (não há outra descrição possivel) de se transformar até o nome de um personagem, de Kono para Kona. A 50 era um time que se alterou nas 12 temporadas da série e então não há "impedimento" de se introduzir uma nova personagem feminina como já houve na temporada final, sem "precisar" recorrer a essa idiotice da modificação do genero de um nome de personagem original.

E se fosse continuação, como acho que era a proposta inicial (com o filho de MacGarrett) seria minimamente aceitavel e minimamente "original", mas ainda assim uma idéia desprezível.

Um abraço.

Fernanda Furquim disse...

Obrigada David.

Também sempre fui contra, mas gostei do remake de Battlestar Galactica, então agora prefiro conferir um por um para bater o martelo!

Se bem que, não acho que Alex Loughlin tenha condições de segurar o personagem. Eu o considero um ator de personagens românticos, do tipo que se encontra em livros da Jane Austin; mas, posso me surpreender, vamos ver.

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.