Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2020

Sensitive Skin, Remake Canadense de Série Inglesa

Imagem
 Por Fernanda Furquim Entre julho e agosto, o canal HBO Canadá exibiu os seis episódios produzidos para a primeira temporada de  Sensitive Skin . Este é um remake canadense de uma série britânica apresentada pelo canal BBC2 entre 2005 e 2007. A versão original teve duas temporadas com um total de doze episódios. O remake ainda não teve sua renovação anunciada. A série original foi criada por  Hugo Blick , que já ofereceu as ótimas  The Shadow Line  e  Roger & Val Has Just Got In.  Ele também escreveu  The Honourable Woman  (a qual ainda não tive oportunidade de conferir, mas está na minha lista das próximas produções a assistir). Infelizmente não conheço a produção original de  Senstivie Skin . Portanto, não tenho como comparar as duas versões. Assim que conseguir conferir a série britânica, comentarei aqui. Por enquanto, meus comentários se restringirão ao remake canadense. Este era um projeto antigo da atriz  Kim Cattrall  ( Sex and the City ) que desde 2008 vinha tentando viabil

Lembra de Kung Fu?

Imagem
  Por Fernanda Furquim Hoje, às 22h, o canal a cabo TCM exibe o filme que deu origem à série  Kung Fu , estrelada por David Carradine (1936-2009). Os episódios com uma hora de duração começam a ser exibidos a partir do dia 22 de maio, às 19h. A série narra a trajetória de Kwain Chang Caine, um mestre shaolin que foge do templo onde passou boa parte de sua vida, quando mata o sobrinho do Imperador. Ele migra para os EUA onde tenta localizar seu irmão, que estaria vivendo em algum lugar do velho oeste. Em meio a sua busca, ele enfrenta o preconceito e testemunha diversas injustiças sociais. Até então, a arte do kung fu era pouco conhecida pelos americanos. Nas séries de TV, Bruce Lee ofereceu uma pequena amostra desta arte quando integrou o elenco de  Besouro Verde . Lee também foi visto praticando kung fu em quatro episódios de  Longstreet  e em um episódio de  Têmpera de Aço . (E-D) David Carradine e Keye Luke Apaixonado por essa arte, ele começou a desenvolver um projeto de série qu

Por Que a HBO Dispensou Mad Men?

Imagem
  (E-D) Joan, Betty, Don e Peggy. Por Fernanda Furquim Uma das piores decisões da HBO já entrou para a história da TV americana: o fato de ter dispensado a série “Mad Men” quando seu criador e produtor Matthew Weiner a ofereceu para o canal. Depois que a HBO recusou o projeto, Weiner foi bater às portas do AMC, conhecido por exibir apenas filmes lançados no cinema. O pequeno canal a cabo aceitou o projeto o qual acabou colocando-o no mapa da TV a cabo e ainda angariando prêmios. O sucesso de “Mad Men” promoveu a produção de novas séries pelo canal, como a também aclamada pela crítica “Breaking Bad”. Weiner criou a série quando trabalhava como roteirista e produtor na sitcom “Becker”, produção que ele admite em entrevistas não ter gostado de fazer. Para compensar, começou a desenvolver o projeto inicial de “Mad Men”, com o auxílio de Robin Veith , que escrevia tudo o que ele ditava. Com uma notável memória para fatos, hábitos, cultura popular, movimentos sociais e até mesmo para propag

I Love Lucy Definiu a Estrutura das Sitcoms Americanas

Imagem
  Por Fernanda Furquim Quem é fã de séries de TV ou tem interesse pela história do formato com certeza já ouviu falar da série “I Love Lucy”, sitcom produzida nos anos 50 que estabeleceu os critérios de produção desse gênero os quais são utilizados até os dias de hoje. Foi esta produção, por exemplo, que trouxe a presença do público para dentro de um estúdio. Até então, as produções de comédias eram divididas (como até hoje são) entre aquelas filmadas em estúdio seguindo a linha cinema, e aquelas filmadas com a presença de um público, seguindo a linha teatro. A diferença antes de “I Love Lucy”, é que as produções filmadas com público eram feitas, de fato, em um teatro. Como costumavam ser feitos com os programas de rádio com auditório. O teatro limitava a ação dos personagens e os movimentos de câmera, não apenas pelo espaço pequeno do palco, mas, também, em função da iluminação, que permitia a visualização de sombras do equipamento técnico, ou mantinha o rosto de atores parcialmente n

The Heavy Water War, Minissérie Norueguesa Retrata Missão Histórica na 2ª Guerra Mundial

Imagem
  Por Fernanda Furquim No mês de janeiro, a TV norueguesa exibiu a minissérie  The Heavy Water War/Kampen om tungtvannet,  produção em seis episódios que retrata uma história real ocorrida durante a 2ª Guerra Mundial. Tratando do mesmo tema da série americana  Manhattan , sobre a criação da bomba atômica nos EUA, a produção norueguesa acompanha a trajetória dos alemães no desenvolvimento da bomba e a luta dos aliados para impedi-los. Falada em inglês, norueguês e alemão, contando com um bom elenco e uma bela fotografia, a minissérie é narrada sob três pontos de vista. Em 1939, o cientista alemão Werner Heisenberg ( Christoph Bach ), vencedor do prêmio Nobel de Física, por sua contribuição na descoberta da mecânica quântica, passa a trabalhar para o governo nazista para o desenvolvimento da bomba atômica. Suas motivações são simples: a guerra está a serviço da ciência. Governos vão e vem, ideologias mudam, mas a ciência permanece, evoluindo. Heisenberg foi um jovem nerd, totalmente dedi