terça-feira, 4 de maio de 2010

Novos Projetos e Pilotos - Parte 31


Novamente atrasei as postagens de divulgação de novos projetos que estão em desenvolvimento para serem transformados em séries de TV. Tentarei listar todos que se acumularam nessas últimas semanas. Começo pelo canal Epix, que surge da união de forças da Lionsgate com a Viacom e MGM. Já tinha divulgado os pilotos de "Tough Trade", com Sam Sheppard, e "iCon", de Larry Charles.

A intenção do Epix é entrar no segmento seriado, fazendo frente a outros canais a cabo. Assim sendo, o Epix divulgou nas últimas semanas, o desenvolvimento de dois outros projetos. O primeiro tem como base o livro "Villains of All Nations", de Marcus Rediker. A obra faz uma análise do período situado entre os anos de 1650 e 1730, narrando histórias sobre piratas.

O segundo projeto do Epix também tem como base uma obra literária, "Still Holding", escrita por Bruce Wagner, que associou-se ao diretor Oliver Stone para desenvolver a série de TV. Os dois já tinham trabalhado juntos na minissérie "Wild Palms", de 1993. A trama de "Still Holding" deverá narrar três trajetórias em Hollywood no início da década do Século XXI: a de um ator considerado símbolo sexual, praticante do budismo; a de um casal que processou a cidade de Los Angeles pela morte da filha, e que agora usa a indenização para investir em filmes de Hollywood; e a de uma aspirante a atriz que ganha a vida personificando Drew Barrymore, além de fazer figurações em filmes e séries, como por exemplo: um cadáver na série "A Sete Palmos/Six Feet Under".


Entre os demais projetos em desenvolvimento pelo canal estão "The Supremes", criado por David S. Ward, com produção de Lawrence O'Donnell, sobre o dia a dia em um tribunal de justiça a partir da figura de um assistente da Suprema Corte. "Human Resources", de Robert Borden, que mescla suspense, ação e humor ao narrar a história de um grupo de jovens em treinamento em uma empresa que desenvolve softwares; "Pulp Bromance", dramédia de Michael Davis, Don Murphy e Susan Montford, sobre a relação de uma dupla de assassinos; "Random Acts", de Andrea Abbate com produção de Todd Holland, sobre duas mulheres que trabalham para a máfia, mas que estão em busca do verdadeiro amor; "Gonzo", drama criado por Michael Oates Palmer, com produção de Ann Blanchard, sobre jornalistas dos anos 80 que cobrem a política corrupta de um país da América Central; "Margin of Error", drama político de D. V. DeVincentis, com direção de Amy Rice, sobre um estrategista de campanhas políticas. Tem também um projeto ainda sem título, que está sendo chamado de "Penthouse Project" por tratar dos bastidores de produção da revista Penthouse, com base em fatos reais, criado por Evan Bleiweiss. Pelas temáticas divulgadas, e pelos nomes envolvidos em alguns dos projetos, é possível que o Epix faça concorrência direta com canais como o AMC.

Outro canal pequeno que vem se dedicando a produzir séries de TV é o Spike, que já exibe algumas produções. Dessa forma, ele está alterando seu perfil que até agora era associado à programas reality shows. Agora, encomendaram a produção do piloto de "Kings By Nights", comédia com produção da FremantleMedia criada por Ben e Dan Newmark. A história gira em torno de três amigos que gerenciam um cassino clandestino.

O Spike TV ainda tem mais dois projetos em desenvolvimento. O primeiro é "Rebel League", criada por Stephen Engel com base no livro "The Rebel League", de Ed Willes, com produção de Denis Leary e Jim Serpico pela Apostle Pictures e Sony TV. A história gira em torno de uma equipe de hóquei. O segundo é "Fort Bush", criada por Gabe Snyder e Mike Alber sobre dois sargentos do exército que tentam manter seus estilos de vida com a chegada de um novo comandante.

A MTV também deve ser acrescentada à lista de um canal em busca do segmento de séries de TV, embora já tenha produzido alguns títulos em anos anteriores. De qualquer forma, nunca foi um investimento sério, algo que parece estar mudando. O canal planeja produzir cerca de oito pilotos, com a opção de transformar até quatro deles em séries de TV. Fazem parte desse pacote de projetos a versão americana de "Skins" e a versão televisiva de "O Garoto do Futuro/Teen Wolf"; além da série "The Hard Times of R. J. Berger", que já tem data de estreia: 6 de junho.

David Gordon Green

Agora, a MTV anuncia o desenvolvimento de mais dois projetos. O primeiro é "Good Vibes", série animada criada por David Gordon Green. Trata-se de um projeto que foi desenvolvido pela Warner, através da Good Humor Television, para ser exibido pela Fox. Um piloto chegou a ser produzido em 2008, mas não foi transformado em série. O canal estuda a possibilidade de encomendar a produção de 12 episódios iniciais. A história gira em torno de um grupo de estudantes que vive em uma cidade costeira. O primeiro piloto teve as vozes de Adam Brody, Alan Tudyk, Debi Mazar, Jake Busey, Josh Gad e Olivira Thirlby. Ainda não foi definido se o projeto contará com o mesmo elenco de vozes.

Outro projeto da MTV é "THAT Girl", que ganhou a encomenda de um episódio piloto. Criado por Lauren Iungerich, de "10 Things I Hate About You", a série gira em torno de Jenna, uma estudante que sofre um acidente no banheiro, o qual é encarado por todos na escola como uma tentativa de suicídio. Lutando para conquistar a atenção das pessoas, Jenna mantém a farsa. Curiosidade: já foi produzida uma série com o mesmo título nos anos 60, a qual se transformou em um cult americano. No Brasil, recebeu o nome de "Que Garota!". É possível que o título da produção da MTV seja uma referência à série dos anos 60, a qual apresentava uma jovem aspirante a atriz que tenta fazer carreira ao mesmo tempo que mantém a ideia de um casamento ideal.

Wilfred, série australiana

Pelo FX, foi encomendada a produção do piloto "Outlaw Country", com produção de Art e John Linson, ambos de "Sons of Anarchy". Criada pelo casal Josh Goldin e Rachel Abramowitz, a história é situada no universo da música country em Nashville, centrado na relação de uma família de criminosos. A trilha musical terá supervisão de Shooter Jennings, filho do cantor, já falecido, Waylon Jennings.

Outro projeto do canal é "Wilfred", versão americana de uma série Australiana. A história gira em torno de um casal, Sarah e Adam, e seu cachorro Wilfred. O animal, visto por sarah como apenas um cãozinho inofensivo, se transforma em uma pessoa vestida com uma fantasia de cachorro, quando visto por Adam, que mantém uma relação especial com o animalzinho. A série encontra-se em sua segunda temporada na Austrália. A versão americana está a cargo de David Zuckerman, de "Uma Família da Pesada", série animada que já conta com a presença de um cachorro que se comporta como gente.

Pelo canal Starz existe o projeto chamado "Men of the Dusk", assinado por Craig Zahler. Tal qual os projetos paralelos do canal, esse também é situado no passado, mais precisamente na época posterior à Guerra Civil. Na história, um ex-soldado confederado comanda uma rede de transportes de mercadorias a qual abrange desde cargas pesadas até prisioneiros e prostitutas.


Correndo pela tangente, ou melhor dizendo, de forma independente, está o diretor e produtor Barry Sonnenfeld que tem um novo projeto em mãos, em associação com a Fluent Media Group, a Resonandt TV, empresa da Argentina, e a Eyeworks, da Espanha. A ideia é conseguir reunir o maior número possível de investidores estrangeiros antes de oferecê-lo a um canal americano. Ainda não há informações sobre o enredo de "Beat the Devil", mas trata-se de uma série com temática sobrenatural.

Outra temática sobrenatural deve sair pelas mãos de Brian Grazer e Ron Howard, que através da Imagine Entertainment e da Weed Road, desenvolvem um projeto de adaptação de "The Dark Tower", livro de Stephen King. A história terá duas versões, uma para ser lançada nos cinemas, no formato trilogia; e outra para ser disponibilizada como seriado de TV. O roteiro está a cargo de Akiva Goldsman, tendo como base os sete primeiros livros de King dessa obra. O projeto já teria passado pelas mãos de J. J. Abrams, Damon Lindelof e Carlton Cuse, sem sucesso. Tal como "Beat the Devil", ainda não existe um canal envolvido com o projeto de "The Dark Tower".

A história gira em torno de Roland Deschain, o último sobrevivente de uma Ordem de pistoleiros que vive em um mundo paralelo no qual o Velho Oeste ainda existe, mas influenciado por magias e bruxarias. Sua missão é localizar a Dark Tower, local onde se esconde uma chave que irá abrir o portal que unirá esse a outros universos.


Na Inglaterra

A BBC prepara uma sitcom que faz um híbrido com o formato talk show. Algo já visto nos EUA com a série "The Larry Sanders Show". Situada no interior da Inglaterra, o piloto de "Same Time Next Week", gira em torno de uma dona de casa chamada Celia Jesson (Joanna Neary) e seu marido Fred (Al Kerr), amigos de um ator de fama local, Gerard Jeremy (Adam Buxton). O trio produz videos amadores apresentando a cidade e sua cultura local em paralelo à entrevistas de artistas que comparecem em um estúdio improvisado. Os artistas deverão ser celebridades da vida real, tal qual "The Larry Sanders Show". O piloto será filmado no dia 19 de maio.

Pelo canal ITV será produzido o piloto de uma série com base no livro "The Little House", de Philippa Gregory. A história gira em torno de Ruth (Lucy Griffiths), casada com Patrick (Ruper Evans), com quem vive na casa dos pais do marido, Elizabeth (Francesca Annis) e Frederick (Tim Pigott-Smith). Grávida, ela dá à luz a um menino que se torna o objeto de possessão dos sogros. A adaptação está a cargo de Ed Whitmore, de "Silent Witness" e "Waking the Dead", com direção de Jamie Payne, de "Survivors" e "Ashes to Ashes".


Outro projeto do canal ITV é a minissérie com base no livro "Renegade: The Making of a President", de Richard Wolffe, que apresenta os bastidores da campanha eleitoral de 2008, que elegeu o Presidente Barak Obama. A produção está a cargo da Open TV and Film, que busca por parceiros internacionais.

Além desses projetos, o canal já tem encomendada a produção da série "Monroe", estrelada por James Nesbitt, de "Jeckyll". Trata-se de um drama médico criado por Peter Bowker com produção da Mammoth Screen. A história apresenta Monroe (Nesbitt), um brilhante neurocirurigão considerado um gênio, fato esse que ele faz questão de que as pessoas se lembrem constantemente. Cada episódio deverá narrar uma história diferente, na qual Monroe e sua equipe tentam salvar a vida de um paciente. A estreia está prevista para o mês de setembro na Inglaterra.

Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.