terça-feira, 6 de abril de 2010

A Recuperação de Michael C. Hall


O intérprete de "Dexter" finalizou em 17 de março seu tratamento com quimioterapia. Segundo seus representantes, o Linfoma de Hodgkin com o qual Michael C. Hall foi diagnosticado, está em fase de remissão; o que significa que não há sinais da doença, mas não quer dizer que o ator esteja curado, existe sempre a possibilidade de uma recaída.

O anúncio de que ele estava em tratamento foi feito em janeiro, pouco antes da realização da cerimônia de entrega do Screen Actors Guild Awards. A revelação de seu estado de saúde, que vinha sendo mantido em segredo, era para justificar o uso de um gorro que lhe cobria a cabeça após a perda dos cabelos pelo tratamento quimioterápico. Agora, com o fim do tratamento, Michael exibe em público sua cabeça descoberta, revelando que seus cabelos já começaram a crescer novamente.

Ainda não há informações de quando a quinta temporada de "Dexter" poderá ser produzida, mas o Showtime ainda mantém a estreia dos episódios para o mês de setembro.

Quando diagnosticado em fase inicial, o tratamento para o tipo de câncer que Michael teve pode ser tratado com altos índices de sobrevida. Em março, o ator Andy Whitfield, de "Spartacus: Blood and Sand", também foi diagnosticado com Linfoma não Hodgkin, o que promoveu o atraso na produção da segunda temporada da série. O ator encontra-se em tratamento.

2 comentários:

Anônimo disse...

Doença maldita! Perdi minha mãe pra essa praga.
Força Michael!

solfirmino disse...

Torcendo muito pra ele melhorar e continuar seu trabalho como ator, adoro demais.

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.