quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Henry Gibson (1935-2009)

O ator e comediante faleceu nesta última segunda-feira, dia 14 de setembro, aos 73 anos de idade vítima de câncer, doença diagnosticada recentemente.

Famoso nos Estados Unidos por integrar o elenco do programa humorístico "Rowan & Martin´s Laugh-In", no Brasil ele era mais conhecido por suas participações em séries de TV, sendo a mais recente o juiz Clarence Brown em "Justiça Sem Limites/Boston Legal".


Nascido no dia 21 de setembro de 1935, em Germantown na Pensilvânia, seu nome de batismo era James Bateman. Começou a atuar aos 8 anos de idade mas afastou-se da carreira quando entrou para o serviço militar. Entre 1957 e 1960 ele viveu na França onde atuou como Oficial da Inteligência da Força Aérea Americana. Mais tarde, formou-se pela Royal Academy of Dramatic Arts, na Inglaterra. De volta aos Estados Unidos, adotou o nome artístico de Henry Gibson.

Com Ruth Buzzi e Goldie Hawn no humorístico "Laugh-In"

Como stand up comedian, Gibson fez algumas participações em talk shows da época, o que o levou ao elenco do filme "O Professor Aloprado/The Nutty Professor", de 1963, com Jerry Lewis.

Ao longo dos anos, seguiram-se outros trabalhos no cinema, como em quatro filmes de Robert Altman, entre eles "The Long Goodbye" e "Nashville", pelo qual o ator foi indicado ao Golden Globe, bem como no teatro.

Como o juiz Clarence Brown em "Justiça Sem Limites"

Mas foi na TV que Gibson fez seu nome conhecido. Atuou em dezenas de séries como ator convidado, entre elas, "77 Sunset Strip", "A Família Buscapé", "A Empregada Maluca/Grindl", "Laredo", "Comédias Dick Van Dyke", "F Troop", "A Feiticeira", "O Jogo Perigoso do Amor/Love American Style", "McCloud", "Police Woman", "Barbary Coast" (que teve os títulos em português: "Costa Brava", "Costa de São Francisco" e "O Homem das Mil Faces"), "A Mulher Maravilha", "A Ilha da Fantasia", "Os Gatões/Dukes of Hazzard", "Magnum", "O Barco do Amor", "Quincy - Corpo de Delito", "Carda Dupla/Simon & Simon", "Retrato Falado/Cover Up", "Duro na Queda/The Fall Guy", "A Supermáquina", "Além da Imaginação ", remake, "Eerie, Indiana", "Profissão: Perigo/MacGyver", "Assassinato por Escrito/Murder She Wrote", "Contos da Cripta/Tales of the Crypt", "Jornada nas Estrelas: A Nova Missão/Star Trek: Deep Space 9", "Sabrina Aprendiz de Feiticeira", "Early Edition", "Stargate SG-1", "Jovens Bruxas/Charmed", "Becker", e muitas outras. TAmbém fez a voz de Bob Jenkins em "O Rei do Pedaço/King of the Hill".

A capa de um de seus LPs

Em 1968 entrou para o elenco do humorístico "Rowan & Martin´s Laugh-in", programa responsável em lançar vários comediantes, como Lily Tomlin e Goldie Hawn. Sempre que Gibson aparecia ele apresentava um poema, os quais se tornaram tão populares que foram reunidos e lançados em dois LPs, "The Alligator" e "The Grass Menagerie", bem como em livro, "A Flower Child´s Garden of Verses". O ator continuou a escrever poemas satíricos com temáticas políticas ao longo de sua vida, os quais vinham sendo publicados pelos jornais Washington Post, Los Angeles Times e mais cinco publicações. Ele doava parte do lucro ganho por sua poesia a um fundo de defesa do meio-ambiente.

Em cena com Elizabeth Montgomery em "A Feiticeira"

Em 1966 casou-se com Lois Joan Geiger com quem teve três filhos, Jonathan David Gibson, executivo da Universal Pictures; Charles Alexander Gibson, diretor e supervisor de efeitos especiais; e James Gibson, roteirista. Sua esposa faleceu em 2007.

Em sua página no Twitter, a última mensagem de Henry foi uma despedida ao amigo Larry Gelbart, roteirista da sitcom "Mash", que faleceu no dia 11 de setembro. Em seu site oficial a família agradece o apoio dos fãs.

Henry Gibson em cena da sitcom "Família Buscapé":


Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.