quinta-feira, 24 de junho de 2010

Falecimentos


Frank Giering (1971-2010)

O ator alemão foi encontrado morto em seu apartamento em Berlin no dia 23 de junho aos 38 anos de idade. Sua morte está sendo investigada pela polícia, que não soube precisar a causa.

Nascido no dia 23 de novembro de 1971, Frank iniciou carreira em 1993 com participações em séries e filmes alemães. Desde 2006 integra o elenco da série "Der Kriminalist", interpretando o personagem Henry Weber. Inédita no Brasil, a produção é exibida em Portugal com o título de "O Criminalista".  Este foi o último trabalho de Giering. Em nota à imprensa alemã, os produtores da série lamentaram a perda do colega apontando sua morte como uma surpresa para todos.

Giering também esteve no elenco dos filmes "O Castelo", "Violência Gratuita", "Canções da Noite" e "Anatomia 2".



Jimmy Dean (1928-2010)

O ator e cantor Jimmy Dean faleceu aos 81 anos de idade no dia 13 de junho, de causas naturais. Um dos grandes representantes da música country da década de 60, Jimmy foi responsável em popularizar esse estilo musical em uma época em que o gênero era desconsiderado pela grande mídia, mais preocupada com o rock'n'roll.

Jimmy Ray Dean nasceu no dia 10 de agosto de 1928 em Set Ward, Texas. Aos 10 anos começou a aparender a tocar piano com sua mãe; mais tarde também passou a tocar violão, acordeão e harmônica. Em 1948, depois de passar pelo período militar, no qual serviu na Força Aérea, Jimmy formou a banda Texas Wildcats com a qual se apresentou em várias cidades, incluindo Washington.


O primeiro sucesso veio com a música "Bummin' Around", em 1953. Nessa época, começou a apresentar um programa de variedades local, chamado "Town and Country Time". Quando assinou um contrato com a Columbia Records, Jimmy mudou-se para Nova Iorque onde apresentou o "The Jimmy Dean Show", outro programa de variedades que serviu de porta de entrada para vários cantores countrys. A música "Big Bad John" chegou em primeiro lugar nas paradas musicais de 1961, levando-o a ganhar o prêmio Grammy no ano seguinte.

O sucesso como cantor o levou à uma breve carreira como ator. Entre 1967 e 1970, Jimmy interpretou Josh Clements, amigo de Daniel Boone na série estrelada por Fess Parker. Josh foi um dos personagens criados pelos roteiristas para substituir Mingo, interpretado por Ed Ames, que deixaria o elenco da série para dar continuidade à sua carreira de cantor. Entre 1987 e 1988, Jimmy teve participações na série "J. L. Starbuck", além de episódios de "A Ilha da Fantasia" e "Assassinato por Escrito". No cinema, esteve no elenco do filme "007 - Os Diamantes São Eternos", de 1971. Jimmy afastou-se da carreira de ator em 1990.

Jimmy (ao centro) em cena de "Daniel Boone"

Em 1969 ele e seu irmão Don lançaram o molho Jimmy Dean Pure Pork Sausage, produto que o levou a criar uma empresa. Ao longo de três décadas, Jimmy se tornou o garoto propaganda de seu molho, apresentando comerciais bem humorados, que se tornariam o principal motivo para a elevação das vendas do molho e sua popularidade. Mas, em 1984 a empresa foi vendida para a Consolidated Foods, que mais tarde passou a utilizar o nome de Sara Lee Corporation. Em 2004 a corporação afastou Jimmy da empresa em função de sua idade avançada. O fato teria contribuído para o declínio de sua saúde. Nesse mesmo ano, Jimmy lançou sua autobiografia, "30 Years of Sausage, 50 Years of Ham".

Em 1950, Jimmy casou-se com Mary Sue Wittauer, com quem teve três filhos e de quem divorciou-se em 1990. Em 1991, casou-se com a cantora country Donna Meade, com quem viveu até sua morte.


Shunsuke Ikeda (1941-2010)

O ator que estrelou a série "O Regresso do Ultraman", faleceu aos 69 anos no dia 11 de junho. Alguns jornais informam que a causa da morte foi câncer no estômago; outros, que ele foi vítima de problemas causados pela diabetes.

Norio Ikeda nasceu em no dia 11 de novembro de 1941 em Kawasaki, Tóquio. Formado em economia em 1967, Ikeda iniciou sua carreira de ator graças à influência de seu pai, o coreógrafo Tatsuo Ouchi. Em 1961 ele participou de um concurso para revelar novos talentos, estreando como ator em 1963. Ao longo da década de 60 ele teve participações em vários episódios de séries japonesas.

Entre 1971 e 1972, Ikeda interpretou o oficial Takeshi Minami na série "O Regresso do Ultraman".  Também esteve em "Silver Mask", entre 1971 e 1972; e "Operation: Mystery", entre 1968 e 1969.

O sucesso veio com "Kikaider-01", inédita no Brasil, criada por Shotaro Ishinomori. Produzida pela Toei Company entre 1973 e 1974, Ikeda interpretava um andróide que tinha como missão protejer o Japão do ataque de forças inimigas ao longo de 46 episódios.

Nas décadas seguintes, Ikeda passou a dedicar-se ao teatro, além de trabalhar como modelo e 'garoto propaganda' de comerciais da Toshiba. O ator também participava do circuito de convenções realizadas no Japão e EUA, onde a série "Kikaider-01" conquistou uma legião de fãs, especialmente no Havaí.

Em 2009, Ikeda procurou assistência médica após sentir fortes dores estomacais. Diagnosticado com câncer em fevereiro do mesmo ano, o ator submeteu-se ao tratamento de quimioterapia. Mas em outubro foi noticiado que seu caso já não tinha cura.

Entrevista com o ator pode ser encontrada aqui.

Um comentário:

Fernanda Furquim disse...

Agradeço ao leitor Ricardo Cerdeira pela informação sobre a morte do ator Shunsuke Ikeda.

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.