sexta-feira, 2 de abril de 2010

O Futuro Incerto de Lei & Ordem

(clique nas imagens para ampliar)

A série aclamada pela crítica, mas abandonada pelo público, chega a uma encruzilhada. Ameaçada de cancelamento, os produtores buscam alternativas para que consigam garantir, ao menos, mais uma temporada.

"Lei & Ordem" é uma das últimas produções tradicionais no formato série da NBC. Tendo estreado em 1990, a série atravessou duas décadas aproximando-se de uma possível 21ª temporada. Se renovada, ultrapassa o recorde de "Gunsmoke" em número de temporadas, mas não em número de episódios. A série de faroeste dos anos 50 teve ao todo 20 temporadas e 635 episódios. "Lei & Ordem" já está com 20 temporadas garantidas, mas tem apenas 450 episódios em seu total. Mesmo que renovada para uma 21ª, não conseguirá quebrar o recorde de "Gunsmoke" em número de episódios.

Ainda assim, a 21ª temporada é um recorde que os produtores não desejam deixar passar, ainda mais tão perto dele. Eles contam com o apoio da NBC, que sustenta a série, mas existe um porém. O canal não renovará a produção da série caso o canal TNT não fizer o mesmo. Em 2001, a NBC fechou um acordo com a TNT para a exibição em reprise de episódios de "Lei & Ordem". A partir desse acordo, o canal a cabo criou um novo segmento em sua grade, bem como um novo logo "We Know Drama". Este acordo gera o lucro que a NBC necessita para a série no formato syndication. Funciona nos mesmos princípios da venda da série à canais regionais. No entanto, o contrato contém uma cláusula de exclusividade, a qual não permite que os produtores da série a ofereça a outros canais.


O contrato termina com a 20ª e atual temporada, e até o momento a TNT não decidiu se mantém a produção em sua grade. "Lei & Ordem" é uma produção de alto custo e o canal a cabo ainda se recupera das perdas financeiras que teve ao comprar os direitos, provavelmente exclusivos, de reprise de "Whitout a Trace" por 104 milhões de dólares. Visto que essa série não consegue estabelecer o nível de audiência esperado, esse investimento da TNT deu prejuízo.

O fato é que a NBC não tem interesse em renovar a série por muito mais tempo. A intenção do canal em manter "Lei & Ordem" viva é unicamente para ultrapassar a marca de 20 temporadas estabelecida por "Gunsmoke", nada mais. A série já não dá mais a audiência que ambos os canais desejam, e se não fosse por esse motivo, já teria sido cancelada.


Mas mesmo que retorne, a série terá um personagem a menos em seu elenco. Essa semana saiu a notícia de que S. Epatha Merkerson, intérprete da Tenente Anita Van Buren, anunciou que não irá renovar seu contrato com a série, o qual termina com a atual temporada. A atriz entrou no elenco em substituição à Dann Florek, que interpretou o Capitão Donald Cragen entre 1990 e 1993. Após 16 anos na série, que sofreu várias mudanças de elenco, a atriz, juntamente com Sam Waterston que está na série desde 1994, se tornou um dos rostos que identificava a série junto a seu público.

A decisão da atriz foi aceita pela produção, sem questionamentos ou tentativas de removê-la da ideia. Não sabendo se a série chegará a uma 21ª temporada, não há motivos para lutar por seu elenco. Mesmo porque, uma mudança de personagem fixo poderá incorrer em novas situações dramáticas. Ainda não foi decidido como será feita a saída da atriz do elenco. O personagem, que luta contra um câncer, poderá ter a opção entre a vida e a morte.

Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.