quinta-feira, 12 de novembro de 2009

David Lloyd (1934-2009)

David Lloyd animando a audiência durante as
filmagens da série estrelada por Mary Tyler Moore

Um dos mais respeitados roteiristas da TV faleceu no dia 11 de novembro aos 75 anos, após passar por uma longa enfermidade. Tendo atuado no veículo entre as décadas de 60 e 90, e início dos anos 2000, Lloyd deixou sua marca nas sitcoms americanas.

Aclamado pela crítica e pelo público, Lloyd escreveu roteiros e/ou foi produtor de séries como "Cheers", "Wings", "Taxi", "Lou Grant", "Rhoda", "The Mary Tyler Moore Show", "The Bob Newhart Show", "Phyllis", "The Tony Randall Show", "Frasier", entre outros.

Lloyd iniciou na TV na década de 60 escrevendo para o Tonight Show, na época apresentado por Jack Paar. Tendo escrito peças de teatro, lhe foi sugerido que tentasse escrever roteiros para a TV, assim, na década de 70 Lloyd começou a escrever para sitcoms, sendo que a primeira delas foi "Mary Tyler Moore". Sem nunca ter assistido à série, Lloyd conseguiu a encomeda de um episódio. Graças à ajuda de sua filha, que lhe contou como era a série e escreveu uma biografia de cada personagem e suas relações, Lloyd conseguiu escrever um roteiro, "We Want Baxter" (episódio 83) que foi aceito e produzido. A partir daí, ele se tornou membro da equipe de roteiristas.

Lloyd escreveu mais de 30 roteiros para a série, sendo que o mais famoso é "Chuckles Bites the Dust", considerado um dos 100 melhores episódios de todos os tempos, e utilizado como referência em aulas de como escrever roteiros para sitcoms. Na história, o palhaço Chuckles morre durante seu programa ao vivo na TV. A equipe da WJM precisa então lidar não apenas com a perda, mas com a forma como ele morreu e também com os preparativos do funeral. Até então, a morte era um tema tabu para as sitcoms, em especial as tradicionais. Este episódio rompeu esta restrição. Sua personagem favorita era SueAnn interpretada por Betty White.

Lloyd foi um dos poucos que conseguiu explorar a homossexualidade nas sitcoms antes de "Ellen" abrir o caminho para o tema nos anos 90. Em 1979 ele escreveu o episódio "Elaine's Strange Triangle", da sitcom "Taxi", no qual o namorado de Elaine (Marilu Henner) se revela bissexual, interessado em Tony (Tony Danza).

Ele também foi co-autor de "Brothers", sitcom de 1984 que apresentava três irmãos, sendo um deles gay. Justamente por isso, a série foi recusada pelos canais de TV aberta que não desejavam um personagem gay no elenco fixo. Muito embora já tivesse existido um em uma sitcom de 1972, a qual durou pouco tempo. Com a recusa, ao invés de alterar a trama como lhe foi sugerido, Lloyd levou o projeto para o canal Showtime, que em 1978 exibira com sucesso a série "The Paper Chase", produzida pela Fox especialmente para o canal. Ao longo de 5 temporadas, a série ajudou a alavancar a audiência do Showtime, que entrara para o "ramo" de séries antes da HBO.

Pai dos roteiristas e produtores Stephen Lloyd, de "How I Met Your Mother", e de Christopher Lloyd, de "Modern Family", David Lloyd foi indicado 10 vezes ao Emmy, tendo ganho 3 deles ao longo de sua carreira.


Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.