domingo, 30 de agosto de 2009

Glee é a Nova Série da Fox Brasil

(clique em todas as imagens para ampliar)
Nos últimos anos as montagens de musicais em São Paulo têm atraido o público a ponto de se criar um nicho para este segmento no teatro. "A Bela e a Fera", "Os Miseráveis", "Chicago", "My Fair Lady" e atualmente "A Noviça Rebelde", entre outros, fizeram carreira e criaram público. Sinal de que a série "Glee" tem grandes chances de agradar.

Misturando os dramas vividos por jovens em idade escolar com as músicas interpretadas pelos próprios atores, "Glee" resgata a narrativa introduzida por "Fama" nos anos 80, produção responsável em dar a partida para o segmento drama teen na TV americana.

O termo Glee é pouco conhecido no Brasil, ao menos até o momento. Ele refere-se aos grupos vocais ou de corais formados pelas escolas e centros culturais. Os glee clubs apresentam-se em competições escolares a níveis regionais e nacionais, podendo se tornar a primeira etapa da carreira de futuros cantores profissionais. Não é uma tradição que exista no Brasil, onde geralmente vemos se formar por conta própria bandas independentes de qualquer ligação com alguma instituição.


Eram denominadas de músicas glee as interpretações de canções feitas por grupos em bares, fora da igreja (onde normalmente os corais se apresentavam), ou independente de qualquer conotação religiosa. Com a popularidade dessas apresentações ocasionais realizadas em uma noite de bebedeira, começaram a surgir grupos vocais com o objetivo de se apresentarem em público. Isto foi na Inglaterra, em 1762. Os glee clubs fizeram sucesso ao longo dos séculos 18 e 19. No início do século 20 as escolas, bem como centros culturais, começaram a formar grupos com jovens estudantes, ampliando o número de integrantes e chegando ao formato de coral. Sua popularidade promoveu o surgimento de competições. E foi este formato que chegou aos EUA e agora é apresentado na série.

Criada por Ryan Murphy, responsável por "Nip/Tuck", Brad Falchuk e Ian Brennan, a série tem como base as experiências dos três em glees clubs quando eram jovens. Graças ao sucesso do reality "American Idol", a Fox autorizou a produção da série em menos de 24 horas após ler o roteiro do episódio piloto. A decisão foi acertada, visto que a exibição do piloto conquistou uma audiência média de 9.61 milhões de telespectadores.



Com pelo menos 60 canções previstas para serem interpretadas ao longo da primeira temporada, "Glee" recebeu um orçamento de 3 milhões de dólares por episódio o qual é filmado ao longo de dez dias em função das coreografias.

Na trama temos Will Schuester (Matthew Morrison), professor de espanhol na McKinley High School, que é chamado para dirigir o Glee Club da escola com o objetivo de torná-lo competitivo novamente. Mas, ao começar a recrutar seus cantores, ele cria inimizade com Sue Sylvester (Jane Lynch), treinadora das líderes de torcida que vê o grupo como uma ameaça à popularidade de suas meninas.



O grupo Glee é formado por Emma (Jayma Mays), conselheira de alunos que tem interesse em Will, embora saiba que ele seja casado. Germofóbica, Emma surge como a personagem que vive uma eterna paixão platônica, mas logo se revela uma verdadeira conselheira ao conseguir orientar o grupo e Will, mantendo-os em seus objetivos e trazendo-lhes à razão em momentos de desespero. Já Terri Schuester (Jessalyn Gilsig), a esposa de Will há cinco anos, é possessiva; ela tem dois únicos objetivos em vista: manter seu marido perto dela e constituir família.

Rachel Berry (Lea Michele), é a execrada do grupo de líderes de torcida que a intimidam e a ridicularizam constantemente. Ela abraça o grupo glee com toda sua alma colocando nele suas expectativas e futuro. Finn Hudson (Cory Monteith) é um dos jogadores de futebol que abandona o time para fazer parte do grupo glee, o qual não é valorizado por não ser algo popular. Mercedes Jones (Amber Riley), é a diva do grupo, considerando-se a próxima Beyoncé, não aceita ficar no fundo ou ser back vocal de ninguém.



Kurt Hummel (Chris Colfer), é o representante gay do grupo que entra para o clube como cantor soprano. Artie Abrams (Kevin McHale), guitarrista, é o "bobo da corte" dos jogadores de futebol. Confinado a uma cadeira de rodas, considerado um nerd, ele é constantemente humilhado por eles. Mas Kurt ganha apoio de Finn quando este entra para o glee clube. Por fim temos Tina Cohen-Chang (Jenna Ushkowitz), uma asiática que sofre de desordem da fala.

Existe uma variedade de personagens no elenco de apoio, entre eles as participações semi-regulares de Victor Garber, de "Alias" e "Eli Stone", como o pai de Will; Kristin Chenoweth, como uma ex-integrante do clube Glee que se tornou alcóolatra; e John Lloyd Young, professor aposentado que aparece na trama vez por outra.




Todos os atores que formam o glee clube, incluindo Matthew Morrison, são cantores da Broadway, bem como Victor Garber, Kristin Chenoweth e John Lloyd Young. Nos EUA, a Fox está realizando uma turnê com os atores/cantores para promover a estréia da série no dia 9 de novembro.

Se você é fã de musicais ou apenas gosta de ouvir músicas, não deixe de conferir "Glee" que terá a exibição do episódio piloto no dia 13 de setembro pela Fox Brasil às 22h em versão dublada. A série mesmo só começa em novembro, sem data divulgada ainda.


Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.