quinta-feira, 18 de junho de 2009

Buck Rogers Ganha Vida Nova


O personagem surgiu nos quadrinhos, passou para o cinema, para o rádio e chegou à televisão. Agora é a vez da Internet. A Cawley Entertainment Company em associação à Retro Film Studios estão preparando uma webserie com o personagem.

Criado por Philip Francis Nowlan em 1928, o personagem viveu sua última aventura entre 1979 e 1981, quando foi produzida pela Universal a série para a TV, estrelada por Gil Gerard e Erin Gray. São 29 anos de auxência das telonas ou das telinhas.

A versão para a nova mídia que vem crescendo a cada ano está a cargo de James Cawley, que tem como produtores executivos e consultores Flint Dille, detentor dos direitos autorais do personagem, além de Charles Root e Gary Evans, que, junto com Cawley, são responsáveis pela produção da webserie não oficial de "Jornada nas Estrelas", chamada de "New Voyages".

Cartaz da versão dos anos 70

A webserie narrará a trajetória de Rogers desde seu início, com base na versão original dos quadrinhos e não a que foi vista na TV. Na história, Buck Rogers é um piloto da 1ª Guerra Mundial que fica em animação suspensa, acordando 500 anos depois. No futuro, conhece o Diretório de Defesa da Terra, o Dr. Huer, sua futura namorada, Wilma Deering, que tem um irmão, Buddy Deering, além da Princesa Ardala.

Com um visual retrô, mas com uma tecnologia moderna, utilizando inclusive o CGI para os efeitos especiais, a produção espera resgatar a estética dos quadrinhos.

No elenco já estão confirmados Bobby Rice, como Buck Rogers, e Gil Gerard, que interpretou o personagem na última versão televisiva.

Por curiosidade, o herói teve duas versões para a TV, uma de 1950 a 1951, com Earl Hammond, Kem Dibbs e depois Robert Pastene no papel título, além de Eva Marie Saint e depois Lou Prentis, como Wilma Deering. A outra foi a produção estrelada por Gil Gerard e Erin Gray, entre 1979 e 1981.

O objetivo com a webserie é produzir 20 episódios de 40 minutos por ano a começar por 2010. Se conseguirem, esta deverá ser a primeira webserie que trará episódios com a mesma duração, ou aproximada, de uma série de TV. Nada mal para um personagem que se tornou o primeiro herói de ficção científica (com histórias serializadas) dos quadrinhos e do rádio.

Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.