domingo, 11 de abril de 2010

Dixie Carter (1939-2010)


A atriz conhecida pela série "Designing Women", faleceu esta manhã, dia 10 de abril, aos 70 anos de idade, vítima de câncer do endométrio, uma forma de câncer uterino. Dixie estava se preparando para estrear em junho a peça de George Bernard Shaw, "Mrs. Warren's Profession", quando foi submetida a uma cirurgia, adiando a estreia para o mês de maio.

Dixie Carter nasceu em 25 de maio de 1939 em McLemoresville, Tennessee, mas cresceu em Memphis. Em 1959, ganhou o concurso de Miss Tennessee. Em 1960 ela estreou na carreira com uma montagem do musical "Carrossel". Mais tarde, mudou-se para Nova Iorque onde atuou no teatro.

Elenco de "Designing Women"

Em 1967, Dixie casou-se com Arthur Carter, com quem teve duas filhas, Mary Dixie e Ginna. Os nascimentos das filhas a levou a se afastar da carreira artística por oito anos. Somente em 1977, quando divorciou-se do marido, é que Dixie retomaria sua carreira de atriz. Nesse mesmo ano, casou-se com o produtor George Hearn, de quem divorciou-se em 1979. Em 1984, ela se casou com o ator Hal Holbrook, com que vivia até esse ano.

Entre 1977 e 1978, integrou o elenco de "On Our Own", série de curta duração sobre secretárias de uma agência publicitária em Nova Iorque; em 1979 esteve em "Out of the Blue", sobre um anjo que para ganhar suas asas precisa fazer boas coisas, então arranja um emprego de professor em uma escola. A série também teve curta duração.

"Ladies Man"

Entre 1982 e 1983, ela esteve no elenco de "Filthy Rich", na qual, os herdeiros de um milionário, para receberem sua herança, são obrigados a acolher o filho bastardo desse; a série também teve curta duração. Entre 1984 e 1985, a atriz teve participações semiregulares em "Minha Família é uma Bagunça/Diferent Strokes", série já estabelecida junto ao público na qual um milionário adota os filhos de sua empregada afro-americana. Na história, ela era Carlotta Beck.

O trabalho da atriz em "Filthy Rich", a levou a integrar o elenco da série que a tornaria famosa: "Designing Women", produção de 1986 a 1993 sobre quatro mulheres que, juntas, criam seu próprio negócio de decoração de interiores.

"Family Law"

Criada por Linda Bloodworth-Thomason, que havia criado "Filthy Rich", a história girava em torno de Julia Sugarbaker (Dixie), irmã de Suzanne (Delta Burke) e amiga de Mary Jo (Annie Potts) e Charlene (Jean Smart). Também no elenco estava Meshach Taylor, que interpretou Anthony, um ex-presidiário que trabalha como faz-tudo.

Em 163 episódios, a série serviu de veículo para discutir abertamente questões relacionadas ao universo feminino. Era uma espécie de "Sex and the City", mas sem o sexo. A personagem de Dixie se tornou uma representante das ideias liberais do partido Democrata, mesmo a atriz sendo, na vida real, Republicana.

"Desperate Housewives"

A atriz voltaria a integrar o elenco de uma série com "Ladies Man", sitcom produzida em 1999, sobre um homem que precisa aprender conviver com as mulheres que o cerca: sua mãe, sua esposa e sua filha. Entre 1999 e 2002, a atriz integrou o elenco de "Family Law", drama jurídico de David Shore.

 Além das séries em que integrou o elenco, Dixie também teve participações especiais em episódios de "Cassie & Co.", "Super-Herói Americano", "Lou Grant", "Quincy", "Faro Fino/Crazy Like a Fox", "Diagnosis Murder", "Hope & Faith", "Law & Order: SVU", e, mais recentemente, "Desperate Housewives", na qual interpretou Gloria Hodge, personagem que lhe rendeu uma indicação ao Emmy.

Com o marido Hal Holbrook na peça "Be My Baby"

Atuando no teatro e em musicais desde os anos 60, Dixie interpretou Maria Callas na montagem "Master Class", de Terrence McNally. Em 2008, ela atuou ao lado do marido Hal Holbrook na peça "Be My Baby". Em 1996, Dixie publicou sua biografia, "Trying to Get to Heaven"; em 2005, um teatro no Tennessee foi batizado com o nome de "The Dixie Carter Performing Arts and Academic Enrichment Center", mais popularmente conhecido como "The Dixie", em homenagem à atriz.  



Um comentário:

Roberto disse...

Conheci somente Dixie Carter em Desperate Housewives e percebi o seu grande potencial, como mãe de Orson e foi uma personagem extremamente forte na temporada e um ótimo papel, que somente uma ótima atriz poderia interpretar.Descanse em paz.

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.