domingo, 4 de abril de 2010

Ben-Hur, Minissérie Canadense da CBC

(clique na imagem para ampliar)

Esta noite estréia no Canadá a minissérie que se propõe a recontar a história de "Ben-Hur", personagem que surgiu na literatura americana e passou com sucesso pelo cinema. Trata-se de uma produção dividida em dois episódios de 2 horas de duração cada. O primeiro episódio será exibido esta noite e o segundo no dia 11 de abril.

Joseph Morgan interpreta Judah Ben-Hur, príncipe da casa hebréia Hur. Vivendo no período de Jesus Cristo, Ben Hur mantém uma amizade com o romano Octavius Messala (Stephen Campbell Moore). Mas os melhores amigos logo se tornam rivais mortais em função das diferenças de opiniões políticas. Agora chefe da legião romana, Messala condena Ben Hur à escravidão. A partir daí, o jovem judeu irá lutar por sua vida e pela liberdade.

(clique na imagem para ampliar)

Apesar da fama de Ben-Hur como personagem histórico, ele, na verdade, é uma criação de Lee Wallace que lançou o livro "Ben-Hur: A Tale of Two Christ" em 1880. O apuro histórico do período o transformou em um best seller, tornando o livro mais vendido nos EUA até o ano de 1936, quando "E O Vento Levou" foi lançado. "Ben-Hur" também se tornaria o primeiro livro a ser abençoado pelo Papa.

Ao longo dos anos, sua história foi várias vezes adaptada para o cinema. A primeira é datada de 1907, com Herman Rottger no papel título, ainda na época do cinema mudo (ou silencioso). Mas o filme foi alvo de uma longa batalha judicial. Tendo apenas 15 minutos de duração, o filme foi produzido sem autorização do autor do livro. Em 1911, a corte americana estabeleceu que daquela data em diante, toda e qualquer produção de Hollywood teria que obter a autorização de autores para poder adaptar livros para o cinema (a mesma regra se estabeleceu para o rádio e para a televisão).


A segunda adaptação foi feita em 1925 pela MGM, estrelada por Ramon Novarro; o estúdio faria uma nova versão em 1959, com Charlton Heston, filme que acumularia indicações e prêmios da Academia de Cinema, entrando para a história como uma das melhores produções de todos os tempos. Heston voltaria ao papel que lhe deu fama, com uma versão animada produzida ela empresa do ator, a Agamemnon Films, em 2003, e lançada diretamente em home video. Além do cinema, o personagem também foi levado ao teatro.


Essa minissérie canadense é a primeira versão da história de "Ben-Hur" para a televisão. Filmada em Marrocos, a produção também traz no elenco os atores Emily VanCamp, de "Brothers & Sisters", no papel de Esther; Hugh Bonneville, de "Courtin Alex", como Poncius Pilates; Ray Winstone, como Quintus; James Faulkner, como Marcellus; Alex Kingston, de "Plantão Médico/ER", como Ruth; Kristin Kreuk, de "Smallville", como Tirzah; Lucia Jimenez, como Atena; Ben Cross como o Imperador Tiberius e Kris Holden-Reid, visto em "The Tudors", como Gaius; entre outros atores.


A adaptação ficou a cargo de Alan Sharp, com direção de Steve Shill e produção de David Wyler, filho de Wylliam Wyler, diretor do filme de 1959, para a Muse Entertainment, empresa canadense, em associação à Drimtim Entertainment, da Espanha, Zak Productions, de Marrocos, e Akkord Film, da Alemanha.


Postagens Relacionadas:
Ator Britânico Será Ben-Hur na TV
Preview da Minissérie Ben-Hur

Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.