segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Super Bowl Quebra Recorde de M*A*S*H

Click Here for Translation to English


Após 27 anos o recorde de "Mash" como a maior audiência até hoje da TV americana é quebrado. Segundo a empresa Nielsen que mede a audiência americana, a transmissão do Super Bowl no último domingo conquistou uma audiência de 106.5 milhões de telespectadores (mais precisamente 106.480), tornando-se a maior audiência ao vivo da história americana.

O fato mereceu nota de Alan Alda, ator e um dos produtores de "Mash", divulgada ao público na qual ele parabeniza o novo recorde da TV americana. O ator, que torcia para o New Orleans Saint, disse estar feliz por ver o recorde quebrado por um jogo tão importante no qual seu time saiu vencedor.

Até agora o recorde era mantido pelo último episódio de "Mash", exibido em 1983 que tinha conquistado uma audiência de 106 milhões de telespectadores (mais precisamente 105.970). Sendo que, na época de "Mash", existiam cerca de 235 milhões de habitantes nos EUA; hoje, chega a cerca de 308.700 milhões, de acordo com o governo americano. Outro fato importante a ser registrado é o número de televisores. Em 1983 existiam cerca de 83.3 milhões de residências com televisores; hoje o número de residências subiu para 114.9 milhões. Em função disso, "Mash" mantém o recorde de número de residências, com cerca de 50.5 milhões, o que equivale ao market share de 77%, contra 51.7 milhões, o que equivale a 68%, do Super Bowl.

"Mash", uma versão televisiva de Larry Gelbart do filme de mesmo nome, dirigido por Robert Altman, também mantém o recorde entre as séries de TV, com o último episódio de "Cheers" em segundo lugar (93 milhões de telespectadores); e o episódio de "Dallas", "Quem Atirou em JR", em terceiro lugar com 83 milhões. A expectativa é a de que o último episódio de "Lost" consiga quebrar esse recorde entre as séries, conforme comentei aqui, ou que ao menos chegue a ficar em segundo ou terceiro lugar.

Mas, em meio a tudo isso, quem sai ganhando é a CBS. O canal exibia "Mash" quando o recorde foi marcado na década de 80, e também transmitiu o jogo no qual a zebra New Orleans Saints ganhou do Indianapolis Colts; ou seja, o recorde não passou para outro canal, se mantém em casa!

5 comentários:

leti disse...

sério? vc acha mesmo que Lost pode chegar a tanto? eu adoraria, devido a tudo que essa série causou nesses anos de duração. ela merecia não só isso, mas uma noite de glória num Emmy ou Globo de Ouro.

Mas acho mt difícil isso acontecer, pq mts pessoas largaram lost, e fora que é difícil alguém que não viu mais parar pra ver o último episódio né? acho que vai ser tipo "er", no último episódio vai ter uma grande audiência e só. aposto em uns 20 e poucos milhões, talvez.

Fernanda Furquim disse...

oi Leti. De fato não acredito que chegue a tanto, mas essa é a expectativa da mídia e dos produtores.

Anônimo disse...

Em função disso, "Mash" mantém o recorde de número de residências, com cerca de 50.5 milhões, o que equivale a 77%, contra 51.7 milhões, o que equivale a 68%, do Super Bowl.

acho que houve um pequeno equívoco :)

Fernanda Furquim disse...

Mash atingiu o market share de 77% e o Super Bowl atingiu 68%, mesmo apresentando um número maior de residências.

Isso porque a porcentagem refere-se ao número de casas com televisão em relação ao número da população do país, que é maior hoje do que o número de casas com TV e à população americana em 1983

Arteche disse...

A final de um campeonato de uma liga que existe desde 1920 precisou de muito tempo para bater a audiência de M.A.S.H, de adolescentes 11 anos. Uma série de humor negro real, que nunca apelou para a ficção, ou seja, sempre com os pés no chão e dentro da nossa realidade. M.A.S.H. será sempre imbatível.

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.