quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Feliz Aniversário Samantha!


Quando James Stephens apresentou sua linda esposinha no dia 17 de setembro de 1964, ele desconhecia dois fatos: primeiro, que Samantha era uma feiticeira, e que a estória deles se tornaria um sucesso de 8 temporadas. Por trás das confusões de A Feiticeira (Bewitched) estava Sol Saks, criador da série. Essas confusões vinham quase sempre do lado de Samantha (Elizabeth Montgomery), que embora fosse uma esposa amorosa, caseira e totalmente empenhada em parecer mortal como o marido, tinha uma família dedicada a atormentá-lo. E o faziam tão bem, que as encrencas aconteciam até mesmo ao acaso.


Manter a aparência de normalidade foi ficando cada vez mais difícil para James (Dick York e Dick Sargent) à medida que mais personagens bruxos iam entrando em cena. Suas principais preocupações eram a sogra Endora (Agnes Moorhead), o sogro Maurice (Maurice Evans) e a prima Serena, interpretada por Elizabeth Montgomery e creditada com Pandora Spocks. A turma dos encantados também incluía a bondosa tia Clara (Marion Lorne), a atrapalhada Esmeralda (Alice Ghostley), Dr. Bombay (Bernard Fox) e o brincalhão tio Arthur (Paul Lynde), entre outros.

Endora

Serena

Tia Clara

Esmeralda

O grupo dos mortais tinha o chefe de James, Larry Tate (David White), a esposa Louise Tate (Irene Vernon e Kasey Rogers), a vizinha alcoviteira Gladys Kravitz (Alice Pearce e Sandra Gould) e seu pacato marido Abner (George Tobias), aquele que nunca via nada.

A primeira Gladys

Abner

Questões pessoais provocaram diversas mudanças, a mais marcante, com certeza foi a saída do ator que interpretava James (Darrin, no original). Dick York foi substituído por Dick Sargent em 1969 devido a uma lesão nas costas, resultante de um acidente de filmagem em 1959.


O segundo James

Marion Lorne faleceu em maio de 1968, após a quarta temporada. Sandra Gould assumiu o papel de Gladys em 1966, quando Alice Pearce faleceu. Kasey Rogers assumiu o papel de Louise Tate em 1966, porque Irene Vernon preferiu procurar novas oportunidades de trabalho. Rogers precisou então tingir o cabelo para se parecer mais com a antecessora.

A segunda Gladys

Mudanças por motivos alegres também ocorreram. Mesmo durante as filmagens do piloto, a produção precisou resolver a questão da primeira gravidez de Elizabeth Montgomery, na época casada com Wiliam Asher, um dos diretores da série, já que Samantha recém havia se casado. Mais tarde, durante a segunda e a quinta temporadas, a atriz engravidou novamente e, por isso, nasceram Tabatha e Adam, filhos do casal Stephens. A menina foi interpretada por três pares de gêmeas: Erin e Diane Murphy, Julie e Tamar Young, e Heidi e Laura Gentry. O menino foi interpretado por Greg e David Lawrence.


Até mesmo a cidade de Salem foi afetada pelas mudanças, quando a série fez uma longa visita à terra da bruxaria em 1970. A cidade aproveitou a publicidade ao máximo, e o prefeito Samuel Zoll chegou a declarar dia 8 de outubro de 1970 (data da apresentação do episódio Salem Saga) Bewitched Day in Historic Salem.


No dia 15 de junho de 2005, dez anos após a morte de Elizabeth Montgomery, a rede de TV a cabo TV Land a homenageou com uma estátua de Samantha em Salem.


Erin Murphy, Kasey Rogers e Bernard Fox

Na sexta temporada, a audiência de A Feiticeira começou a declinar, e na sétima já nem era incluída nas pesquisas. Entre as causas atribuídas ao enfraquecimento da série está, por exemplo, a saída de Dick York. Além disso, o público começava a perder o interesse em magia, e já havia outras opções, como a concorrente Tudo em Família (All in the Family), que estreou em 1971. Um orçamento menor gerou a redução de roteiristas e diretores, bem como o reaproveitamento de roteiros. Assim mesmo, a ABC planejava uma nona temporada. Porém, Elizabeth Montgomery, que já tivera de ser convencida a permanecer na série após a saída de York, em troca de maior participação nos lucros, preferiu então refazer sua vida com o diretor Richard Michaels, de quem havia se apaixonado. O último episódio foi ao ar em março de 1972.

No legado da série ainda ficam participações especiais como de June Lockhart, Adam West, Billy Mumy, Jonathan Harris, Bill Daily, Peggy Lipton, James Doohan, Richard Dreyfuss, Danny Bonaduce, Cesar Romero e Julie Newmar.

Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.