sábado, 6 de junho de 2009

TCM Traz Combate de Volta à TV

A partir de hoje, sábado, dia 6 de junho, os fãs de séries antigas terão a oportunidade de rever um dos mais famosos clássicos de guerra da televisão americana.

A série "Combate" começa a ser exibida pelo TCM todos os sábados e domingos sempre às 13h com reprise às 4h30 da manhã seguinte. Os episódios serão exibidos com som original e legendas em português. Mesmo para quem não a conhece vale a pena dar uma conferida.

Muito à frente de seu tempo, a produção foi um marco na história das séries de TV e na carreira do diretor Robert Altman, responsável no desenvolvimento estético do projeto e diretor de 10 episódios.

Com um trabalho que resgata o jogo de luz e sombra dos filmes de cinema em preto e branco, além de movimentos de câmera ousados para a época, a série explorou em seus 152 episódios os traumas e os conflitos pessoais que surgem com a guerra.

Temperados com cenas de ação realistas (alguns episódios chegaram a ilustrar documentários da TV), a série ainda conta com as participações de muitos atores famosos que na época ainda lutavam por um lugar ao sol.

As histórias giram em torno de um batalhão americano em território francês, próximo às linhas inimigas durante a 2ª Guerra Mundial. Apresentada sob o ponto de vista dos aliados, dos alemães e dos franceses, as histórias ainda introduziram várias cenas faladas em outro idioma sem tradução ou legendas. Em muitos casos, da mesma forma que os personagens não sabiam o que estava acontecendo, o público também não sabia.

Estrelada por Vic Morrow (pai da atriz Jennifer Jason Leigh), e Rick Jason, os episódios alternavam entre um e outro a cada semana. Assim, uma história apresentava o grupo sendo liderado pelo Sargento Saunders (Morrow), e na semana seguinte pelo Tenente Gil Hanley (Jason). Também no elenco estão Jack Hogan (Kirby), Pierre Jalbert (Caje), Shecky Greene (Braddock), Conlan Carter (Doc) e Dick Peabody (Littlejohn). Para trabalhar na série, o grupo de atores submeteu-se a um intenso treinamento militar.

Produzida entre 1962 e 1967, a série é quase toda em preto e branco. Somente o último ano foi filmado a cores o que fez perder o charme e a dramaticidade da situação. A primeira temporada teve o comando de Robert Altman, que saiu da produção em função do eterno confito artístico x orçamento.

Em seu lugar entrou Gene Levitt, ficando entre a segunda e quarta temporada. Ele saiu devido a conflitos entre ele e o ator Vic Morrow que a partir do segundo ano começou a escrever e dirigir episódios da série. A relação entre os dois se deteriorou depois que Morrow levou 21 dias para filmar o episódio "Hills Are for Heroes", em duas partes, quando o normal era 12 dias. Ele foi substituído por Georg Fenady. A produção geral da série era de Selig J. Seligman.

Criada por Robert Pirosh cada episódio foi orçado em 150 mil dólares, um valor muito alto para época. Foi justamente os altos custos que levaram a produção ao cancelamento. Para aproveitar os cenários e os veículos, além do fato de "Combate" ainda ter uma boa audiência, a NBC resolveu lançar outra série de guerra para substituí-la.

Foi então que surgiu "Os Guerrilheiros/Garrison´s Gorillas", que dizem ter sido introduzida em um episódio do quinto ano de "Combate" que nunca foi exibido. Se este episódio realmente existiu, ele não veio a público, visto que a série "Os Guerrilheiros" tem um episódio piloto próprio.

Não percam em hipótse alguma e sob pena de morte, os episódios "O Grito nas Ruínas/Cry in the Ruins", "Não Tema o Mal/Hear no Evil" e "Hills are for Heroes", da terceira e quarta temporada respectivamente.

Abaixo, cenas do episódio "Hills Are For Heroes":

2 comentários:

Rafa Bauer disse...

Oi Fernanda!
Lembro de vc falando dessa série no curso... Hj eu comecei a ver, começou até mais cedo, 12:45h... mas ae chegou visita... vou ver no outro horário mesmo...

Fernanda Furquim disse...

Oi Rafa! Que bom que você lembrou!!!
Não perca não!

Eu estava para encomendar a série no amazon quando o TCM anunciou que iria passar! uhu!!!

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.