quarta-feira, 12 de maio de 2010

Reprises de Séries e Minisséries da Globo no Canal Viva


A partir da meia noite do dia 18 de maio entra no ar pela Globosat o canal Viva, nova proposta da Globo na TV a cabo. O canal tem como objetivo conquistar a audiência do público feminino pertencentes às classes B e C, com reprises de programas que passaram pela Globo, entre eles, séries, minisséries e até mesmo filmes estrangeiros dublados em português.

A estrutura da grade trará programas matinais e infantis na parte da manhã, seriados e novelas à tarde, filmes familiares e humorísticos à noite. Nos finais de semana, programas de variedades e seriados.

Por enquanto, a programação está restrita à produções recentes e não há ainda definição de quando o canal começará a reprisar séries e minisséries produzidas antes dos anos 90.

"Sexo Frágil"

Entre a produção seriada que o público poderá encontrar a partir da estreia do canal estão "Sai de Baixo" (18/5 -  21h), "A Casa das Sete Mulheres" (18/5 - 23h45), "Sítio do Pica Pau Amarelo" (19/5 - 8h), "Sandy & Júnior" (19/5 - 8h30) "Mulher" (19/5 - 20h15),  "Comédias da Vida Privada" (22/5 - 16h), "Mothern" (22/5 - 18h30), e "Sexo Frágil" (23/5 - 18h). Também está prevista a exibição de "Toma Lá, Dá Cá".  Se não me engano, com exceção de "Sandy & Júnior" todas as demais já tiveram episódios lançados em DVD.

O canal Viva deverá ser disponibilizado nas operadoras NET, SKY e Via Embratel. Quem quiser pode acompanhar as últimas informações do canal através de seu Twitter oficial.

3 comentários:

Rubens disse...

Essa porcaria é um resultado direto das "ideias" daquele petista Bittar, que introduziu cotas de programacao e de canais nacionais no projeto PL29 que, inicialmente, so previa que as teles entrassem no mercado de tv a cabo.

Odeio esse sujeito... Esse tipo de coisa só vai encarecer os pacotes de programacao (porque os canais brasileiros sao os mais caros que existem, depois dos canais Premium) empurrando na marra canais totalmente dispensaveis a quem NÃO OS DESEJA. Não é para assistir a isso que eu pago tv por assinatura (se ao menos esses canais brasileiros custassem o mesmo que um Sony ou Fox, ainda passava).

Cada vez mais temos incentivos para baixar a programacao que nos interessa da internet... :-(

Ivo disse...

Sempre achei estranho a Globo não criar um canal pra "desovar" seu enorme estoque de novelas e afins.

Não que eu fosse me interessar, pelo contrário, mas acho que ia dar boa audiência.

Pleo jeito começaram a fazer isso.

Luly* disse...

"onquistar a audiência do público feminino pertencentes às classes B e C" desculpa, tive de rir com isso. me diz, desde quando alguém da classe B e C consegue pagar o absurdo que cobra uma tv paga???

se o canal fosse aberto, eu acredito que teria até uma boa audiência, visto que tem mt dona de casa que adora novela. até eu que não sou lá mais tão fã, gostaria de ver algumas antigas, não esses programas mais recentes que anunciaram. tirano sai de baixo, esse eu queria muito rever.

já que o vale a pena ver de novo não põe novela boa, então é bom um canal que colocasse. mas francamente, acho difícil que dê algum resultado na tv paga.

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.