quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Relembrando Duro na Queda


Click Here for Translation to English

Anos 80, década em que as séries de ação eram em geral leves, tinham muita pancadaria sem dor, os tiroteios não matavam ninguém e os bonitões usavam jeans justíssimos. Um bom exemplo desses tempos é Duro na Queda/The Fall Guy, criada por Glen A. Larson e produzida de 1981 a 1986. Seu elenco principal era composto por Lee Majors (Colt Seavers), Douglas Barr (Howie Munson) e Heather Thomas (Jody Banks).

O enredo era bem simples. Colt Seavers arrisca a pele nos estúdios como dublê e nas ruas como caça-prêmio. Para se esfolar no cinema, ele aguarda trabalho ao telefone. Quando este não chega, ele sabe que pode contar com algum acusado que fugiu depois da fiança ser paga, e por cuja captura ele sempre recebe uma bela recompensa. Esta é oferecida por Samantha Jack (Jo Ann Pflug), na primeira temporada, depois por Terri Michaels (Markie Post), e finalmente por Pearl Sperling (Nedra Voltz).

Em ambas as atividades ele é assistido por seu primo, Howie, um jovem aprendiz de dublê que começou dezenas de faculdades e não terminou nenhuma, e a dublê Jody. Juntos, eles percorrem todo o país no mais precioso bem de Seavers: sua pick-up personalizada.

O tema de abertura foi escrito por Glen A. Larson, Gail Jensen e David Sommerville, e interpretada por Lee Majors. A letra faz referência a sua ex-mulher, Farrah Fawcett, e mostra a queixa do dublê, que faz todas as cenas duras, mas são os astros que ficam com as garotas no final.



The Unknown Stuntman

Well, I'm not the kind to kiss and tell,
But I've been seen with Farrah.
I've never been with anything less than a nine, so fine.

I've been on fire with Sally Field,
Gone fast with a girl named Bo,
But somehow they just don't end up as mine.

It's a death defyin' life I lead,
I take my chances.
I die for a livin' in the movies and TV.
But the hardest thing I ever do
Is watch my leadin' ladies
Kiss some other guy while I'm bandagin' my knee.

I might fall from a tall building,
I might roll a brand new car.
'Cause I'm the unknown stuntman that made Redford such a star.

I’ve never spent much time in school
But I taught ladies plenty.
It's true I hire my body out for pay, Hey Hey.

I've gotten burned over Cheryl Tiegs,
Blown up for Raquel Welch.
But when I end up in the hay it's only hay, Hey Hey.

I might jump an open drawbridge,
Or Tarzan from a vine.
'Cause I'm the unknown stuntman that makes Eastwood look so fine.

5 comentários:

Unidade de Carbono no Palido ponto Azul disse...

Adorava Duro na Queda. Lembro de um episodio que a Farah Fawcett faz uma participação especial. Ela já era ex-mulher do Lee Majors, mas continuaram amigos.
Lembro de outro episodios bacanas, um deles, eles vem para o Rio de Janeiro e ficam perdidos no meio das mulatas e do dinheiro do nosso país.

Anônimo disse...

Nem lembrava mais o quanto eu gostava dessa série. Muito bom recordar. O engraçado é que hoje é impensável uma série com uma abertura de mais de dois minutos de duração. E quanto aos atores, que fim levaram?

Unidade de Carbono no Palido ponto Azul disse...

Aqui uma foto do Lee Majors, no funeral da Faraw Fawcett no ano passado.

http://revistaquem.globo.com/Revista/Quem/0,,EMI79901-9531,00.html

Fernanda Furquim disse...

Este não é o Lee Majors, é o Ryan O'Neal.

Fernanda Furquim disse...

Publicamos fotos e video atuais do Lee Majors e Linsday Wagner aqui:

http://revistatvseries.blogspot.com/2008/11/lee-majors-e-lindsay-wagner.html

Publicamos informações e fotos atuais de Heather Thomas aqui:

http://revistatvseries.blogspot.com/2009/04/heather-thomas-quer-voltar.html

Estamos preparando uma postagem sobre o Doug Barr.

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.