terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Minissérie Grande Sertão Veredas Chega em DVD


A Rede Globo deu início à produção de minisséries na década 80; a maioria dos títulos tinha como base obras literárias, como esta, "Grande Sertão Veredas, de João Guimarães Rosa. Produzida em 1985, a minissérie estrelada por Bruna Lombardi e Tony Ramos teve direção de Walter Avancini. Quem assistiu e gostaria de rever, ou quem deseja conhecer, poderá ter acesso à minissérie através do Box de DVD que está sendo lançado em fevereiro pela Som Livre.

São 4 discos que trazem a versão compacta da história do jagunço Riobaldo, que se une a um grupo com o qual percorre os sertões de Minas Gerais, Goiás e Bahia. Com a morte do chefe Joca Ramiro, Riobaldo dá início a sua trajetória de vingança. Exibida na Bolívia, Estados Unidos, França, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal e Venezuela, além do Brasil, a minissérie original teve 25 capítulos, os quais foram filmados totalmente em locação em Paredão de Minas, em MG, tanto para as cenas externas, quanto para as internas.

A Globo vem aproveitando a mídia de DVD para abastecer o mercado com suas antigas produções as quais estão armazenadas há anos sem chances de entrarem em reprise. Isto porque a linguagem narrativa da televisão já sofreu várias mudanças e para as emissoras em geral, produções antigas não atrai uma grande audiência. Mas, o DVD é um produto colecionável, que vem recebendo atenção de um público fiel; com o DVD, é possível atingir um segmento pouco valorizado pela Televisão, aqueles que estão na faixa acima dos 40 anos.


O problema é que era hábito das emissoras brasileiras, até a década de 80, fazer um compacto de suas novelas e minisséries para arquivo, apagando o original, o qual contava com um número maior de episódios/capitulos. No caso das séries, salvava-se uma média pré-estabelecida de número de episódios e o resto era desgravado. Este tipo de atitude era tomada para reaproveitamento da fita.
 
Assim, tenha-se em mente que ao lançar uma minissérie antiga no mercado, ela deverá ser o compacto do original. No caso das séries, sempre que vier a divulgação "episódios selecionados", não significa que foram selecionados para o lançamento, e, sim, que foram selecionados para serem salvos da destruição, e que estes são os únicos exemplares daquela produção que sobraram.

É claro que ainda existe material circulando, mas é pelas mãos de colecionadores que gravaram direto da TV quando exibido na época; tem ainda a possibilidade de algum material ter sobrevivido pelas mãos de canais internacionais, que devolvem os programas para a TV no Brasil depois que o contrato com o mesmo é encerrado.

Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.