quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Ellen DeGeneres em Quadrinhos

Ellen DeGeneres ficou mundialmente famosa ao estrelar a sitcom "Ellen", produção dos anos 90 que serviu como ponto de partida para o surgimento de novas séries protagonizadas por gays que apresentam seu dia-a-dia.

Considerada um marco na televisão, a série não demorou para ser cancelada depois que a personagem principal assume sua homossexualidade. Mas a carreira de sua protagonista deslanchou, ao contrário do que se imaginava que aconteceria quando uma celebridade de Hollywood assume ser gay. De lá para cá, Ellen fez várias participações em séries, apresentou cerimônias de entrega de prêmios, e ganhou seu próprio talk show. Recentemente entrou para o corpo de jurados do programa "American Idol", grande sucesso de audiência nos EUA.

Sua vida pessoal também alçou vôo. Na época da série, ela começou a namorar a atriz Anne Heche (atualmente no elenco de "Hung), depois teve um breve relacionamento com a filha do ator David Hedison, de "Viagem ao Fundo do Mar", Alexandra Hedison, uma fotógrafa. Atualmente está casada com a atriz Portia De Rossi ("Better Off Ted").

Agora, a vida da comediante Ellen DeGeneres vai virar história em quadrinhos pela Bluewater, dentro da série "Female Force". A edição, que custará 3.99 dólares, chegará às bancas americanas em março de 2010.

Escrita por Sandra C. Ruckdeschel com desenhos de Pedro Ponzo, "Female Force: Ellen DeGeneres" apresenta a vida da comediante desde sua infância na Louisiana, passando pelo circuito de stand-up em clubes de comédias, até sua carreira na TV com a sitcom "Ellen", encerrando no tempo presente mostrando Ellen como apresentadora de um talk show e jurada no "American Idol".

Apesar de estarmos acostumados a ler biografias em livros ou assisti-las em documentários pela TV, ou mesmo vê-las dramatizadas em filmes para o cinema e para a televisão, as histórias em quadrinhos são utilizadas, de quando em quando, com o mesmo propósito. A Bluewater vem se especializando em lançar biografias em HQ, tendo publicado as vidas de Hillary Clinton, Michelle Obama, Oprah Winfrey, Stephenie Meyer, J.K. Rowling e Barbara Walters.

No Brasil, são poucas as biografias que chegam nesse formato, geralmente são heróis dos quadrinhos com edição especial sobre suas vidas. A biografia em HQ mais antiga da qual me recordo é a de Elvis Presley lançada em 1977, ano da morte do cantor.

Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.