quarta-feira, 1 de julho de 2009

Mais uma Produção dos Anos 80 Ganha Remake

Esta na verdade estava demorando. Com o resgate da minissérie/série "V", que fala sobre a invasão alienígena, era mais do que esperado que outro clássico dos anos 80 ganhasse roupagem nova. "Missão Alien/Alien Nation" começou como um filme escrito por Rockne S. O'Bannon, em parceria não creditada de James Cameron, estrelado por Mandy Patinkin e James Caan. O sucesso o transformou em uma série de TV pela Fox em 1989 estrelada por Eric Pierpoint e Gary Graham.

Mas para variar, a Fox a cancelou prematuramente tendo apenas uma temporada com 22 episódios produzidos. Os fãs cairam em cima da Fox exigindo o retorno da série que finalizou a temporada com um cliffhanger. O motivo apresentado na época foi problema financeiro da empresa, o qual motivou o cancelamento de várias séries dramáticas e de ficção, que simbolizavam altos custos para o canal.

Novamente, os fãs exigiram e a Fox foi obrigada a produzir um total de cinco telefilmes: "Dark Horizon", em 1994, "Body and Soul", 1995, "Millennium", 1996, "The Enemy Withn", 1996, e "The Udara Legacy", 1997. Também foram lançados vários pocket books com base na série.

A ação é centrada entre dois policiais, um humano e um alienígena. Na trama, os alienígenas vivem entre os humanos, algo que hoje é visto em "True Blood" na qual os vampiros vivem entre os humanos. Os alienígenas que chegam à Terra são escravos de sua raça que buscam um novo planeta para recomeçar suas vidas. A partir daí, surgem questões ligadas aos preconceitos, direitos legais, questões morais, hábitos e costumes.

Um dos pontos altos da série foi mostrar que nesta raça de alienígenas, a gravidez é dividida entre macho e fêmea. Ela inicia a gravidez, mas em determinado ponto, o casulo é passado para o macho que mais tarde dará a luz.

Segundo o jornal Variety, o remake de "Missão Alien" está a cargo de Tim Minear, pela Fox para o canal SyFy, que espera ter uma nova "Battlestar Galactica" em mãos.

Na nova versão, a trama será situada 20 anos após a chegada dos alienígenas na Terra, por volta do ano de 2020. No original, a produção de 1988 era situada em 1991. Ao todo são 3.5 milhões de alienígenas vivendo em guetos.

Seguindo a premissa da série e do filme original, o remake deverá discutir questões como racismo, terrorismo, assimilação a uma nova cultura, imigração e questões morais.

2 comentários:

MarduK disse...

Espero que isso não signifique a saída dele de Dollhouse. Já fiquei triste com a saida da Jane Espenson, será uma grande perca ver o Tim sair também.

Marcio Neves disse...

Caramba, eu adorava essa série, não perdia um episódio nas madrugadas da FOX, quando ainda passava. Tomara que dê certo :D

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.