ABC Cancela Oficialmente Eli Stone e Dirty Sexy Money

Nos últimos dias sites e blogs divulgavam o cancelamento de "Eli Stone", "Dirty Sexy Money" e "Pushing Daisies", mas a ABC ainda não tinha confirmado a informação. Embora o canal não tenha se manifestado oficialmente a respeito de "Pushing Daisies", o produtor Bryan Fuller teria confirmado o cancelamento da série junto à colunista Kristin dos Santos do site E!

Nesta manhã, foi distribuída à imprensa uma nota dos produtores de "Eli Stone" e "Dirty Sexy Money", que oficializa o fim de suas séries. Segundo a nota, coube aos produtores Marc Guggenheim e David Petrarca informar a equipe técnica e aos atores o fim de "Eli Stone". Serão produzidos os 13 episódios encomendados para esta segunda temporada, mas não passarão disso. Também não há ainda informação se o canal irá exibir estes episódios, que poderão chegar ao público via TV, DVD ou mesmo online.

"Eli Stone" estreou em janeiro de 2008, durante a midseason da ABC conquistando uma média de 11.83 milhões de telespectadores em seu primeiro episódio. O segundo caiu para 9.38 milhões continuando a cair ao longo da exibição dos episódios da primeira temporada. Por ter sido bem recebida pela crítica, a rede ABC decidiu renovar a série para uma nova temporada com 13 episódios.

A segunda temporada estreou em 14 de outubro desse ano logo após a exibição do programa "Dancing with the Stars", o que promoveu uma audiência de 8.82 milhões de telespectadores que continuaram sintonizados no canal. Mas a estratégia não funcionou para as semanas seguintes, visto que "Eli Stone" caiu para 6.36 milhões, perdendo 11 milhões de telespectadores conquistado pelo Reality Show exibido no horário anterior. Apesar da constante queda, o canal insistiu e encomendou novos episódios da série completando 13 episódios. Em seus novos episódios, a produção tentou atrair celebridades para a série em participações que poderiam despertar o interesse do público, como Katie Holmes, de "Dawson´s Creek" e esposa de Tom Cruise, e Sigourney Weaver, por exemplo.

Com "Dirty Sexy Money", a história é a mesma. Tendo estreado em setembro de 2007, conquistou 10.44 milhões de telespectadores, mas a exibição de seus episódios seguintes foram caindo na audiência. Mesmo sem o apoio do público, o canal renovou a série para uma segunda temporada que estreou em 1º de outubro de 2008. A audiência não correspondeu; a estréia alcançou 7.15 milhões, baixando nas semanas seguintes, chegando a 5.85 milhões de telespectadores. A produção finaliza as filmagens do 13º episódio, último da série, que não tem previsão de ir ao ar, embora a série continue na grade de programação. Os produtores não informam se o último episódio dará uma conclusão à história proposta.

Segundo os produtores da série, a ABC não está utilizando o termo "cancelada" na notificação; o que se diz é "não encomendaremos novos episódios". Indagada pelo LA Times a respeito dos termos utilizados, representantes do canal disseram que preferem deixar sempre uma porta aberta para possíveis retorno, muito embora a crítica americana considere improvável que estas produções voltem.

O que não é o caso de "Pushing Daisies", por exemplo. Ao contrário das duas primeiras, os fãs desta terceira produção ainda mantém esperanças de conseguir convencer o canal, ou outro que possa estar interessado, de dar continuidade às aventuras de Ned, Chuck, Emerson e Olive. O próprio produtor, Bryan Fuller, está decidido a manter a produção através das histórias em quadrinhos ou mesmo conseguir convencer um estúdio a produzir um filme para o cinema.

Embora a primeira alternativa seja a mais provável de acontecer, a segunda não está descartada, visto que a série possui um visual que agrada aos estúdios, os quais vêm buscando há décadas inspiração na televisão para suas produções cinematográficas. De qualquer forma, Fuller já negocia com a DC Comics para dar continuidade à série que terminará com um cliffhanger (final em aberto) em seu 13º episódio da segunda temporada.

A série estreou com uma média de 9.42 milhões de telespectadores em outubro de 2007, voltando com sua segunda temporada em outubro de 2008 com 5.89 milhões. O episódio mais recente foi exibido no dia 19 de novembro conquistando 4.86 milhões de telespectadores, definindo seu destino. Afinal o custo de produção da série não compensa os números na audiência.

Enquanto isso, a ABC divulgou ter encomendado mais quatro episódios de "Life on Mars", que será exibida após os episódios de "Lost" em uma tentativa de conseguir conquistar audiência, já que esta produção também está ameaçada de ser cancelada.

Por outro lado, a atriz Brooke Shields negou que sua série, "Lipstick Jungle", tenha sido cancelada pela rede NBC, como havia sido divulgado pelas revistas TV Guide e pelo canal E! Apesar deste "sopro de esperança", a série não deverá durar muito mais tempo. Segundo a atriz, o que ocorreu é que a série encerrou a produção dos 13 episódios encomendados e o canal não solicitou novos episódios. A NBC estaria aguardando o resultado da audiência dos últimos quatro episódios que faltam ser exibidos para decidir a continuidade ou não da série.

No entanto, o dia e horário de exibição de "Lipstick Jungle" não deverá contribuir com a continuidade da produção, visto que canais costumam tradicionalmente transferir para sextas à noite séries que estão à beira do cancelamento como uma forma de dizer aos produtores..."nós tentamos", para justificar o fim de uma produção. A série também utilizou o recurso de buscar uma celebridade para dar suporte a uma audiência. Enquanto "Dirty Sexy Money" contratou Lucy Liu, "Lipstick Jungle" chamou Mary Tyler Moore, mas a presença de ambas não ajudou.

Segundo Shields à imprensa, a série teria sofrido na audiência em função dos problemas de grade e não de conteúdo. "Lipstick Jungle" estreou sua segunda temporada no mesmo dia em que ocorreu um debate dos candidatos à Presidência nos EUA, promovendo a mudança da série para sextas às 22h, sendo que o primeiro episódio neste horário ocorreu no Dia das Bruxas, dia em que ocorrem celebrações em todo o país.

De certo são os cancelamentos de "Eli Stone", "Dirty Sexy Money", "Pushing Daisies" (ao menos pela ABC), "My Own Worst Enemy", "O Rei do Pedaço/King of the Hill", "The Ex-List", "The Riches" (que tem planejado um filme para o cinema), "Do Not Disturb", "Flight of the Conchords (que terá sua produção encerrada a pedido dos atores), "Stargate: Atlantis", "Valentine", "Easy Money" e "Tell Me You Love Me".

Comentários

Anônimo disse…
Lamento o cancelamento de Dirty Sexy Money. É uma pena, gostava da série.
Weligton disse…
Esses cancelamentos já estão virando palhaçada, de agora em diante, quando um série estrear, já terão apostas de quantos ep. vai durar, se é que já não existe!

Enfim... Pushing daisies vai deixar uma lacuna sem precedentes na "minha" programção!
Adriana Solon disse…
Adoro Eli Stone. É leve e interessante como deve ser os momentos de lazer. Não entendo porque só dá ibope filmes tensos e desgastantes.Fica aqui o meu protesto pelo fim da série.

Postagens mais visitadas deste blog

Monk dá Adeus ao Público (com adendo)

Sharona Reencontra Monk

The Heavy Water War, Minissérie Norueguesa Retrata Missão Histórica na 2ª Guerra Mundial