Conheça Privileged Nova Série do Canal CW

Produzida para o canal CW a série "Privileged" estréia no dia 9 de setembro. Com base no livro "How To Teach Filthy Rich Girls" de Zoey Dean, a produção chegou a ser batizada e divulgada com este título, mas acabou mudando para um nome mais fácil de ser lembrado. "Privileged" é estrelada por Joanna Garcia, de "Reba", Anne Archer, em sua primeira série como atriz fixa, Lucy Hale, Ashley Newbrough, Allan Louis, Brian Hallisay, Michael Cassidy, Kristina Apgar e Debi Mazar. "Privileged" já está com seus direitos de exibição comprados pelo canal Warner Brasil.

O CW é um dos canais com maior número de séries a estrear nesta temporada. Com problemas financeiros e necessitando atrair um público grande de jovens e pré-adolescentes, o canal que até a pouco tempo tentou investir na produção de séries família e de super-heróis, mudou a estratégia após o sucesso de "Gossip Girl". Com isso, está resgatando o filão explorado pelas novelas noturnas dos anos 80, como "Dallas" e "Dinastia", que influenciaram o surgimento de "Barrados no Baile", para tentar elevar o nível de audiência.

Os dramas e comédias teens têm duas linhas de produção, a realista e a fantasiosa, sendo que esta segunda opção segue a exploração do luxo, sexo e intrigas perpetuados pelas novelas. "Gossip Girl" é um drama e "Privileged" é uma comédia, mas a linha de trabalho é a mesma. Tal qual a primeira, esta comédia foi resgatada da literatura e trabalha o luxo, a beleza, a juventude e as oportunidades que a sociedade e o mundo moderno proporcionam para o adolescente de hoje.

Com "Privileged" temos uma jovem jornalista Megan (Joanna Garica), formada em Yale que perde o emprego por não ter experiência na área em que a revista atua: as fofocas sobre o mundo das celebridades. Assim, aceita trabalhar como tutora de duas adolescentes mimadas Rose (Lucy Hale, de "Bionic Woman") e Sage (Ashley Newbrough, que teve participações em "The Best Years"), que dão muito trabalho para sua avó, Laurel Limoges (Anne Archer, que teve participações em "Ghost Whisperer"), uma empresária que fez fortuna no mundo dos cosméticos.

O elenco de personagens ainda conta com as presenças de Marco (Allan Louis), Chef da mansão, e Will (Brian Hallisay, de "Bionic Woman"), vizinho de Rose e Sage por quem Megan está interessada apesar dele ser namorado de sua irmã Lily (Kristina Apgar, que teve participações em "Terminator: The Sarah Connor Chronicles"). E ainda Charlie (Michael Cassidy, que teve participações em "The OC"), melhor amigo de Megan que está secretamente apaixonado por ela.

A série segue a estrutura de "The Nanny", mas com um enfoque na relação da babá/tutora com as duas adolescentes que não a consideram o máximo. Tal qual Fran Fine, Megan perde o emprego e acaba se tornando babá/tutora. No lugar de Max Sheffield temos Laurel, uma viúva que tem uma vida organizada onde não há muito espaço para acomodar uma relação íntima com suas netas; no lugar de Niles, temos Marco, com uma postura presunçosa, mas que poderá ser um grande aliado de Megan se assim o desejar. No lugar de Val, temos Charlie, amigo de longa data de Megan com quem ela divide seus sentimentos e pensamentos, sem saber que ele está interessado nela.

A personalidade de Megan também segue a mesma linha: uma tutora com uma atitute positiva diante dos problemas do dia-a-dia que seu emprego oferece. Jovens, dinâmicas, quase amigas, as babás das séries ensinam aos pais, ou avós, como criar seus filhos, ou netos. Determinada a fazer a diferença na vida dessas jovens e tornar sua própria existência algo de valor, Megan enfrenta a resistência das duas adolescentes que não a desejam como tutora.

Marsha Mason e Anne Archer

Adaptada para a TV por Rina Mimoun, que tem em seu currículo produções como "Gossip Girl", "Dawson´s Creek" e "Everwood", a produção é mais uma que passou por uma mudança significativa de elenco. No primeiro piloto, a personagem da avó, Laurel, foi interpretada por Marsha Mason, famosa pelo filme "A Garota do Adeus". Cinco anos mais velha que Anne Archer e mais obesa, Marsha não se adecuou ao visual da série, ao passo que Archer, ex-modelo, trouxe um visual e uma postura mais próprio do glamour desejado pela produção.

A crítica americana não comentou a série ainda, poucos assistiram ao piloto e em sua maioria não deram grandes destaques em seus comentários, chegando a apontar o bom desempenho de Joanna Garcia como impulsionador da produção.



Trailer da série:

Comentários

Anônimo disse…
Acho que se a CW quisesse realmente sair dessa má faze ela teria de investir em pordutos de melhor qualidade, Privileged para ser legal, mas não vai ser aquele arrasa quarteirão.

Eu eu acho que a CW não faz o devido marketing de algumas de suas série. Tem EASY MONEY, série que para mim vai ser muito superior a Privileged, e, a CW não fala nada sobre, não tem foto promocional, não tem promo. Assim eles não vão conseguir nada.
Unknown disse…
Fernanda só corrigindo a serie estreia no dia 9, pois dia 2 90210 terá 2 horas de duração.
Fernanda Furquim disse…
oi Bruno! Obrigada!

Postagens mais visitadas deste blog

Monk dá Adeus ao Público (com adendo)

Sharona Reencontra Monk

The Heavy Water War, Minissérie Norueguesa Retrata Missão Histórica na 2ª Guerra Mundial