Os Bastidores de Produção de O Vigilante Rodoviário

O ator Carlos Miranda, intérprete do "Vigilante Rodoviário", lança seu livro de memórias. Sob o título de "Inspetor Carlos - O Eterno Vigilante", ele apresenta pela primeira vez detalhes sobre a produção desta série que marcou os anos 60.

Idealizado em 1964, o livro levou mais de 40 anos para chegar ao público. O texto traz curiosidades, informações e histórias que cercaram a produção da série e as filmagens dos episódios. Também traz várias fotos da carreira de Miranda, além de um depoimento de Luis Celso Afonso, filho do adestrador e dono do cão Lobo.

O livro não está sendo distribuído em livrarias. Carlos Miranda não conseguiu que uma editora publicasse sua obra. Assim, com o apoio da Fani Metais Sanitários e do Grande Hotel Prata, Carlos bancou a publicação e está disponibilizando exemplares para a venda no valor de R$30,00 através de pedidos que podem ser feitos pelo seu e-mail: vigilantecarlosmiranda@uol.com.br

Criada por Ary Fernandes, a série foi produzida entre 1961 e 1962, com um total de 38 episódios. "O Vigilante Rodoviário" apresentava o Vigilante Carlos e seu cão Lobo patrulhando as rodovias brasileiras e resolvendo vários casos, seja a bordo do seu Simca Chambord ou de sua Harley Davidson. Patrocinada pela Nestlé, a série foi cancelada quando a diretoria da empresa mudou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Monk dá Adeus ao Público (com adendo)

Sharona Reencontra Monk

The Heavy Water War, Minissérie Norueguesa Retrata Missão Histórica na 2ª Guerra Mundial