Abby Mann (1927-2008)

O roteirista, diretor e produtor Abby Mann (E) morreu no dia 25 de março aos 80 anos vítima de parada cardíaca.

Mann recebeu o Oscar de melhor roteiro em 1961 por "O Julgamento de Nuremberg". Esse roteiro tinha sido originalmente escrito por Mann para a televisão no teleteatro "Playhouse 90" exibido em 1959, que censurou as palavras "câmera de gás". Mas seu trabalho mais conhecido na TV é sem dúvida a criação da série "Kojak", estrelada por Telly Savalas.

Abraham Goodman nasceu no dia 1º de dezembro de 1927, na Filadélfia, filho de um joalheiro. Descendente de judeus alemães, Mann cresceu em uma região predominantemente católica, o que influenciou nas ideologias e interesses futuros.

Formado pela New York University, Mann iniciou sua carreira como roteirista de teleteatros para a televisão em 1950. Entre seus primeiros trabalhos estão roteiros para o "Cameo Theater", "Studio One", "Playhouse 90" e o "Robert Montgomery Presents".

Seus textos abordavam as questõs sociais e os problemas de preconceito relacionados à raça, religão e idelologias. Seu primeiro trabalho no cinema foi "O Julgamento de Nuremberg", seguido de "Ship of Fools", que lhe valeu uma indicação ao Oscar.

Como roteirista e diretor, foi responsável pela minisérie de seis partes produzida em 1978, chamada "King", na qual apresentava o Reverendo Martin Luther King Jr. como vítima de uma conspiração. A minisérie gerou uma investigação no congresso americano que não chegou a nenhuma conclusão.

A série "Kojak" foi criada a partir do telefilme "The Marcus-Nelson Murders", de 1973, com base em um livro não ficcional escrito por Selwyn Raab sobre o assassinato brutal de duas mulheres. Um negro foi acusado pelas mortes e forçado a confessar, mas foi liberado quando o verdadeiro criminoso foi preso. O sucesso do filme, indicado ao prêmio Emmy, gerou a produção da série sobre a qual Abby Mann teceu várias críticas tendo em vista que o objetivo principal era abordar os problemas sociais e morais, o qual teria sido substituído pela fórmula "policial-prende-bandido", a qual estava em alta nos anos de 1970. O personagem retornou à TV em telefilmes produzidos entre 1985 e 1990. Um remake foi produzido em 2005 com um total de 10 episódios.

Abaixo, trailer de "Kojak".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Monk dá Adeus ao Público (com adendo)

Sharona Reencontra Monk

The Heavy Water War, Minissérie Norueguesa Retrata Missão Histórica na 2ª Guerra Mundial