Propaganda em Séries

A série "30 Rock" exibiu em um de seus últimos episódios uma cena em que os protagonistas, Alec Baldwin e Tina Fey, interpretando os personagens Jack Donaghy e Liz Lemon, fazem uma propaganda do produto Verizon Wireless.

Tal qual era feito nos anos 50, quando os patrocinadores eram praticamente donos das séries e seus atores precisavam fazer comercial para eles, Baldwin e Fey protagonizaram a cena após um acordo financeiro entre a NBC e a empresa Verizon. No acordo, a empresa pagou uma quantia não revelada para que a rede NBC inserisse uma propaganda dentro da narrativa de algumas de suas séries de maior audiência. "30 Rock" foi a escolhida pela emissora.

Na cena, temos Jack dizendo "Esses telefones da Verizon são muito populares. Peguei um acidentalmente". Ao que Liz responde, "Claro, os serviços da Verizon Wireless são imbatíveis. Se eu visse um celular como aquele da TV eu ficaria tipo "Onde fica a loja mais próxima para poder comprar um?". Depois disso, a atriz vira-se para a tela, rompendo a quarta parede como nos anos 50, e diz: "Posso receber meu dinheiro agora?"

O acordo entre a Verizon e a rede NBC estipulava que a divulgação de seus produtos teriam que ser a mais natural possível para que fizesse parte da narrativa sem prejudicar a continuidade das histórias. No entanto, visto que o humor de "30 Rock" e da própria Tina Fey, criadora, roteirista e atriz da série, são mais irônicos, a forma como o comercial foi feito não é considerada pelas empresas como negativa.

Essa, no entanto, não é a primeira propaganda direta que a série faz dentro de suas histórias. No ano passado, o episódio "Jack-Tor" fez uma propaganda do Snapple, na qual Liz e os demais roteiristas fazem um protesto junto a Jack criticando a decisão dele de inserir comerciais na narrativa do programa que eles produzem. Ao mesmo tempo, Liz e os colegas faziam comentários sobre o Snapples, um refrigerante.

Desde o final dos anos 60 que as séries de TV não têm mais obrigado seus atores a fazerem comerciais de produtos, atestando sua qualidade ou importância para o consumidor. Isso ocorria quando as séries eram vendidas em pacotes a patrocinadores que incluíam no contrato a participação do ator da série na divulgação do produto. Mesmo assim, invariavelmente, os atores faziam esse tipo de comercial quando a série entrava em seu intervalo, ou seja, fora da narrativa da história.

Recentemente, a série "The Office" (foto à direita), chegou a fechar um contrato com empresas que produzem material de escritório para que eles pudesse aparecer nas histórias. Essas inserções duram até mais tempo que o comercial normal, que geralmente é de 30 segundos. Dentro da narrativa, empresas como Hewlett-Packard, Boise Paper, Cisco Systems, Ever apparel, Microsoft, Vizio televisions, Toyota, Ford e Office Depot, chegam a ter até 1 minuto de exposição.

E agora, os nossos comerciais: 30 Rock e The Office em DVD.

Abaixo, a cena de "30 Rock" como ela foi ao ar.

Abaixo, comercial da Chevrolet dos anos 60 estrelado pelo elenco das séries "Bonanza", "A Feiticeira" e "O Agente da UNCLE".

Comentários

Anônimo disse…
A turma de Bonanza (Lorne Greene, Dan Blocker, Pernell Roberts e Michael Landon) junto com a de "A Feiticeira" e, para completar, Robert Vaughn, o "Napoleon Solo" do "Agente da UNCLE"?
Só vendo para acreditar...E em um comercial de automóveis? Eta vidinha doida! E o melhor de tudo? Foi ver "Endora" (Agnes Moorehead) "flertando" com "Hoss Cartwright" (Dan Blocker). Supimpa!
Parabéns de novo Fernanda e mande mais destas curiosidades para acabar com a mesmice da vida real...
Cássio
Belo Horizonte-MG

Postagens mais visitadas deste blog

Monk dá Adeus ao Público (com adendo)

Sharona Reencontra Monk

The Heavy Water War, Minissérie Norueguesa Retrata Missão Histórica na 2ª Guerra Mundial