quinta-feira, 22 de abril de 2010

Cartoon Network Prepara Novos Desenhos da Looney Tunes


Essa semana representantes do Cartoon Network se reuniram com jornalistas americanos para divulgar seus novos projetos. Além de investirem na produção de séries com atores e programas esportivos juvenis, o canal também tem interesse em resgatar antigos personagens de desenhos animados, vivendo novas aventuras. Assim sendo, os escolhidos foram aqueles que fazem parte do programa "Looney Tunes", entre eles Pernalonga, Gaguinho, Hortelino Troca-Letras e Patolino.

Segundo o Variety, o projeto é de Stan Register (Teen Titans), que recebeu o título de "The Looney Tunes Show". As histórias deverão ser estreladas por Pernalonga e Patolino, que deixam a floresta para viver nos subúrbios. Lá, terão como vizinhos Gaguinho, Vovó, Frajola e Piu-Piu, entre outros. Dentro do programa, as histórias serão intercaladas com clips de 2 minutos de duração nos quais teremos vários personagens clássicos cantando músicas originais. Esses interlúdios musicais serão chamados de "Merrie Melodies", estrelados por personagens feitos em CG.


"Looney Tunes" não era o título de uma série animada e, sim, de uma sessão de cinema através da qual eram exibidos vários desenhos de curtas metragem estrelados por diversos personagens da Warner Brothers. Essa sessão foi apresentada nos cinemas americanos entre 1929 e 1970, tendo sido criada para concorrer com a sessão Disney de curtas animados chamada de "Silly Simphonies". Junto com a sessão da "Looney Tunes", também existia a "Merrie Melodies/Fantasias Animadas", que surgiu em 1931, através da qual eram apresentados curtas animados musicais.

Os desenhos que compunham a "Looney Tunes" eram inicialmente produzidos pela Harman-Ising Pictures para a Warner. Em 1933, a sessão passou a acolher produções da Leon Schlesinger Productions, encomendadas pela Warner, que compraria a produtora em 1944. Nesse ano, o estúdio rebatizou a sessão dando-lhe o nome de "Warner Brothers Cartoons", para a qual produziu curtas durante o ano de 1963. No ano seguinte, a DePatie-Freleng associou-se à Warner, produzindo sozinha até 1967. A Warner assumiu a produção novamente entre 1968 e 1970, quando optou em encerrar a sessão.


Na década de 50, a Warner ofereceu vários de seus curtas para a televisão, que os exibiu em canais regionais, no formato editado para eliminar violência e questões controversas. Com o passar dos anos o nome "Looney Tunes" foi rapidamente adotado como título de série animada. Entre 1987 e 2004, a Warner voltou a produzir novos curtas e média animados para o cinema, reavivando a sessão, que agora era chamada de "New Looney Tunes Shorts".

Ao longo dos anos 70, com a exibição dos curtas na TV, a Warner chegou a produzir especiais com os personagens que ficaram famosos na sessão de cinema. Entre 1988 e 1999, a Nickelodeon exibiu vários dos curtas de cinema em uma sessão também chamada "Looney Tunes". Ao longo dos anos 90, vários personagens ganharam suas próprias séries animadas, como foi o caso de "Taz-Mania", "Os Mistérios do Frajola e Piu-Piu", "Looney Tunes Babies" e "Tiny Toons". A partir do ano 2000, as produções da "Looney Tunes" passaram a ser de exclusividade da Turner.

Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.