domingo, 20 de dezembro de 2009

Por Onde Anda o Elenco de A Família Sol Lá Si Dó


Por onde anda o elenco de The Brady Bunch, uma das séries mais populares da TV americana no começo dos anos 70.


Começamos por Florence Henderson. Na série ela era Carol Brady, a mãe e esposa ideal, conhecida por seus sábios conselhos. A atriz, que completará 76 anos dia 14 de fevereiro, continua atuando e cantando. Este ano, ela esteve em turnê com seu espetáculo All the Lives of Me, participou da comédia Venus & Vegas e de um episódio de Samantha Who? De 5 a 10 de janeiro poderá ser vista em seu espetáculo no The Rrazz Room, no Hotel Nikko, em São Francisco, Califórnia. Para adquirir ingressos, clique aqui.


Robert Reed era Mike, o pai atencioso e provedor. Enquanto na série sua vida parecia tranquila, a realidade era diferente. Homossexual não assumido, ele sofreu para manter seu relacionamento com homens em segredo. Ele faleceu em 1992 devido a um câncer no intestino e complicações da AIDS.


Barry Williams interpretava o filho mais velho, Greg. Sua identificação com o personagem era tão forte que após a série, não teve sucesso. Assim, decidiu lucrar com ela, escrevendo sua autobiografia, Growin Up Brady: I Was a Teenage Greg. Seu mais recente trabalho na TV é um episódio de Scrubs, deste ano. Também continua envolvido com música e teatro. De setembro a novembro, estrelou a peça Church Basement Ladies 2, em Overland Park, no Kansas. Ele apoia a Smiles Change Lives, organização sem fins lucrativos dedicada a ajudar crianças pobres a colocarem aparelhos nos dentes. Mantém o blog The Greg Brady Project para manter-se em contato com o público. Em setembro, completou 55 anos.


Christopher Knight era Peter. Embora tenha abandonado a carreira de ator para tornar-se empresário no mercado de computação, eventualmente faz participações na TV e no cinema. Em 2006, casou-se pela terceira vez, com Adrianne Curry, vencedora do America's Next Top Model, de 2003. O romance do casal foi documentado no reality show My Fair Brady, de 2005. Entre 2008 e 2009, apresentou o game show Trivial Pursuit: America Plays. Poderá ser visto no filme Letting Go, que deve estrear em janeiro de 2010. Completou 52 anos em novembro.


Mike Lookinland, que interpretava Bobby, o filho mais jovem, fez raríssimos trabalhos como ator depois da série. Tornou-se cameraman, tendo trabalho na série Everwood, em 2005. Desde 1987 está casado com Kelly Wermuth, com quem tem dois filhos. Completa 49 anos este mês.


Maureen McCormick era Marcia. Depois da série, também ficou muito identificada com o personagem, assim mesmo consegiu participar de diversas produções na TV, entre elas, Happy Days, O Barco do Amor/The Love Boat, A Ilha da Fantasia/Fantasy Island, The Single Guy e Scrubs. Em 2007, foi competidora do reality show Celebrity Fit Club, da VH1, para perder 15 quilos. Ela venceu perdendo 17 quilos. Em 2008, tornou-se porta-voz da Children International, organização destinada a ajudar crianças pobres. Nesse mesmo ano, lançou o livro de memórias Here's the Story: Surviving Marcia Brady and Finding my True Voice, participou do reality show Gone Country, que deu origem a seu próprio reality show, intitulado Outsiders Inn. Desde 1985 está casada com Michael Cummings, com quem tem uma filha. Fez 53 anos em agosto.


Eve Plump fazia o papel de Jan. Sua carreira de atriz tem-se mantido estável, tendo inclusive estrelado a série cômica Fudge (1995-1997). Nos últimos 20 anos, também tem trabalhado como artista plástica. Ela pinta em casa e expõe em sua galeria em Laguna Beach, Califórnia, chamada The Cottage Gallery. Desde 1995, está casada com Ken Race. Fez 51 anos em abril.


Susan Olsen era a pequena Cindy. Depois da série, tornou-se artista gráfica, tendo trabalhado com estilistas de moda e como diretora de uma empresa de confecções em Malibu, Califórnia. Deixou esse emprego para abrir sua própria companhia, a Man in Space, na qual criou uma linha de tênis brilhantes para a Converse Shoes. Foi apresentadora de um programa na KLSX-Radio, em Los Angeles. Nos últimos três anos viajou pelo país como porta-voz da Migraine Awareness, e atua como Director of Media and Special Projects for Precious Paws, organização de resgate de animais. Em 2009, lançou o livro de memórias Love to Love You Bradys.


Robbie Rist era o primo Oliver. Depois da série fez diversos trabalhos na TV, inclusive em Galactica 1980, onde interpretou o Dr. Zee. Nos anos 90, começou a dedicar-se à dublagem. Sua voz pode ser ouvida em Batman e Naruto, por exemplo. Seu mais recente trabalho como dublador é no filme Terminator Salvation, de 2009, no qual faz a voz de Griffin. Este ano, também produziu a comédia de terror Stump. Como músico, já contribuiu para Buffy, A Caça-Vampiros/Buffy, The Vampire Slayer e Dawson's Creek. Tem-se apresentado com as bandas KingsizeMaybe e Jeff Caudill & The Good Times Band. Ele e a namorada Cheyenne têm uma loja de roupas, a Cafe Press. Em abril, completou 45 anos.


Ann B. Davis cuidadava da casa e da família no papel de Alice Nelson. Pouco tempo depois da série, ela se aposentou. Católica, tem dedicado as últimas décadas a uma comunidade liderada pelo pastor William Frey, com quem ajuda os sem-teto. Completou 83 anos em maio.


Alan Melvin era Sam Franklin. Manteve-se ativo até 2002, tendo integrado o elenco de All in the Family (1971-1978), Archie Bunker's Place (1979-1983) e Adventures of the Gummi Bears (1988-1991), nesta como dublador. Morreu de câncer em janeiro de 2008.

Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.