quarta-feira, 28 de outubro de 2009

V - Video de Bastidores + ABC Cancela Ação de Marketing

(clique na imagem para ampliar)

A rede ABC teve que cancelar uma ação de marketing que seria utilizada para promover a estréia da série "V" no dia 3 de novembro. Ela consistia em escrever o "v" de vitória, em vermelho, nos céus de 26 locais selecionados, entre eles a Estátua da Liberdade.

Mas, segundo o jornal Washington Post, a ação iria promover um aumento considerável de poluição e visto que a Disney, proprietária da ABC, comprometeu-se publicamente a eliminar sua participação na emissão de gás carbônico na atmosfera até a metade do ano de 2012, a ação tornou-se inviável.

Interessante ver que foi necessário a informação sobre o fator poluição sair no jornal para, só então, eles perceberem que o marketing seria inapropriado. Alguns jornais, como The Hollywood Reporter, ainda levantaram a hipótese de que a ação de marketing poderia provocar um certo pânico na população desavisada (!)

Enquanto o remake do clássico dos anos 80 não estréia, fiquem com o video dos bastidores de produção do episódio piloto e das fotos promocionais.

2 comentários:

Rubens disse...

Esse mundo politicamente correto vai ficando cada vez mais chato e insuportavel... Putz, que mal pode haver em um simples "V" de fumaça nos céus, meu deus?...

Ainda vai chegar o triste dia em que esses chatonildos de plantão vão conseguir acabar com as "Esquadrilhas da Fumaça"...

Panda_BG disse...

Os cientistas deviam bolar algum tipo de "fumaça NÃO tóxica", ou MENOS tóxica...
Será que algo tão complicado assim?

E concordo com oque foi dito, 26 símbolos de fumaça fariam tanto "mal" a atmosfera assim?
SERÁ também que não dava pra DISNEY, tentar "reverter" isso através do PLANTIO DE ARVORES?

Eu vejo PROGRAMAS DE TV aqui no Brasil, dizendo que "zeram" suas emissões de carbono usadas para sua produção, através do PLANTIO DE ÁRVORES... por que esses estúdios não fazem o mesmo?

Abs
BG

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.