domingo, 13 de setembro de 2009

Relembrando Planeta dos Macacos


No dia 13 de setembro de 1974, os astronautas Alan Virdon e Peter Burke aterrissaram nas TV americanas com a estreia de Planeta dos Macacos (Planet of the Apes). A aventura baseada nos cinco filmes do cinema foi produzida pela 20th Fox Television e adaptada por Anthony Wilson.


clique para aumentar os anúncios




Como no primeiro filme da saga cinematográfica, tudo começa quando uma nave espacial da NASA enfrenta uma turbulência temporal no espaço e cai na Terra de um futuro distante. Os dois tripulantes sobreviventes, Coronel Virdon (Ron Harper) e Major Burke (James Naughton), logo percebem que seu lar não existe mais e que agora o planeta é dominado por uma raça superior de símios que em geral detestam humanos, especialmente os inteligentes como os dois astronautas, considerados uma ameaça.

Assim, quando o conselheiro Zaius (Booth Colman) toma conhecimento da queda, imediatamente ordena que o General Urko (Mark Lenard), gorila chefe da segurança, os capture. Junto com Urko, segue seu assistente Galen (Roddy McDowall) para garantir que o impetuoso general entregue os prisioneiros vivos.




Urko e Zaius

O jovem chipanzé fica tão fascinado pelos dois humanos, por seus relatos e conhecimentos, que acaba ficando em dúvida sobre o que lhe foi ensinado. Quando descobre que Urko está planejando eliminar os humanos, ele toma uma decisão que muda sua vida.

Galen evita o atentado, permitindo a fuga dos prisioneiros, e depois confronta Zaius com suas dúvidas: Será que os macacos sempre dominaram o mundo? Todo ser humano é um animal irracional? Por sua heresia, ele é condenado à morte. Confuso em sua cela, ele é surpreendido por Virdon e Burke, que invadem a prisão para salvá-lo. Os três são então declarados inimigos do estado e tornam-se fugitivos, passando a viajar juntos, em busca de paz e do sonho de rencontrar um lar.




A série reaproveitou cenários e figurinos utilizados nos filmes, o que reduziu custos, mas assim mesmo, ao contrário dos filmes, não foi o mesmo sucesso. “Os críticos consideraram a adaptação dos filmes para a série de TV de baixa qualidade, principalmente pelo fato da produção não ter dado continuidade às idéias e à linha histórica, apresentadas pelos filmes do cinema.” (TV Land, ano 1, nº3, 1995) Além disso, o tempo médio gasto em cada episódio era de 5 a 7 dias, ritmo que resultava em falhas de gravação, pois só na maquilagem dos macacos eram gastas diversas horas. A série foi cancelada com apenas 14 episódios.



confecção da máscara de Galen

Os 14 episódios são:

1. Fuga do Amanhã (Escape From Tomorrow)
2. Os Gladiadores (The Gladiators)
3. A Armadilha (The Trap)
4. As Boas Sementes (The Good Seeds)
5. A Herança (The Legacy)
6. A Maré do Amanhã (Tomorrow’s Tide)
7. O Cirurgião (The Surgeon)
8. O Logro (The Deception)
9. A Corrida de Cavalos (The Horse Race)
10. O Interrogatório (The Interrogation)
11. O Tirano (The Tyrant)
12. A Cura (The Cure)
13. O Libertador (The Liberator)
14. O Eterno Homem Voador (Up Above the Wold So High)




cenas do piloto - clique para amplicar

8 comentários:

--------------- ****** ---------------- disse...

Olá Fernanda, muito legal o post, completo e informativo como sempre ...A saga dos macacos sempre exerceu um grande fascínio sobre mim desde que vi o primeiro filme de Charton Heston na extinta sessão " Primeira Exibição " da TVG ... ainda era um menino e me lembro que o clima do filme principalmente em sua primeira parte antes da caçada humana na zona proibida me chamava muito a atenção principalmente pel trilha sonora, foi com muita alegria que vi quando da saída de Silvio Santos das tardes da Globo, foi ocupada por esta inesquecível série, teve suas reprises, hoje as tenho completa em DVD, mas a sensação de vê-la na tv por ocasião de sua estréia me provoca uma memória visual e auditiva inesquecível ...

Grande abraço de seu fã e admirador desde os tempos de TV Land

Cido Ribeiro
Fotógrafo e Blogueiro

Fernanda Furquim disse...

oi Cido, muito obrigada pelo comentário! Que bom receber a visita de quem me acompanha a taaaanto tempo!!!

Confesso que meu primeiro contato com Planeta dos Macacos foi uma máscara de borracha que o irmão de uma amiga comprou. Ele costumava usar nas festas o que deixava a mãe fula da vida! Só fui assistir ao filme e à série depois.

Mas eu gostaria de dar os créditos a quem escreveu a postagem. Foi a Marta, que faz o blog comigo. No final de cada postagem vem o nome do autor, junto com o link postar comentário e a data da postagem.

É só para não levar os créditos que são dela!!!

Daniel disse...

è uma pena que uma idéia tão interessante não tenha sido bem aproveitada paraa TV, a série de Tv apesar de ser interessante era realmente muito inferior aos filmes chegando a ser ridícula na tentativa de passar lições de moral, mas mesmo assim eu ainda gostaria que a série tivesse tido mais chances e tivesse ganho outras temporadas, ou mesmo que ganhasse uma nova série, porque Planeta dos Macacos é uma história cheia de potencial e se trabalhada adequadamente poderia se tornar uma série de TV poderosa trabalhando temas polêmicos como fé, controle do estado e preconceito.

Unidade de Carbono no Palido ponto Azul disse...

Tinha pesadelos com o General URGO,quando criança. Mas adorava a série e via sempre as domingos na Rede Globo. Epoca bacana, pois também assistia Disneylandia, Muppet Shows, Operação Resgate, Buck Roggers, Galactica...e hoje, o que assistimos ? Turma do didi, Faustão. ECA !!!

Paul disse...

Oi Fernanda, essa série era uma das minhas preferidas...prova de que, mesmo com pouco orçamento, bons roteiros e bons atores davam conta do recado...pena que não durou várias temporadas, como muita porcaria que é produzida hoje em dia...

Aproveito para convidá-la a conhecer a comunidade que criei em homenagem a esta série de TV fantástica...beijos...

Anthony Keller

Planeta dos Macacos / Série TV
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=13337413

Cesar disse...

Uma abertura inesquecível. Os macacos reinaram absolutos nos anos 70.
Poucos episódios em uma grande série.

Paulo disse...

Achei fascinante a séria na TV, claro que alguns episódios não foram tão bons.

Os melhores para mim foram: A cura, As boas sementes e a Armadilha.

Por sinal a Cura foi o terceiro episódio e a Armadilha o 14.

Paulo

Paulo disse...

Achei fascinante a séria na TV, claro que alguns episódios não foram tão bons.

Os melhores para mim foram: A cura, As boas sementes e a Armadilha.

Por sinal a Cura foi o terceiro episódio e a Armadilha o 14.

Paulo

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.