domingo, 13 de setembro de 2009

Lembrando Kolchak: Demônios da Noite


A série que estreou em 1974 e serviu de inspiração para produções como "Arquivo X", nos anos 90, completa hoje 35 anos. Criado por Jeff Rice, Kolchak surgiu na literatura policial.

A primeira história, escrita sob o título de "The Kolchak Papers", apresentava Kolchak, um jornalista que trabalha em Las Vegas onde ocorre uma série de assassinatos. Suas investigações o levam ao criminoso Janos Skorzeny, que se revela um vampiro.

A ABC comprou os direitos do livro e contratou Richard Matheson, conhecido pelos fãs de séries por seu trabalho em "Além da Imaginação", para adaptá-lo em um telefilme. Dirigido por John Llewellyn Moxey com produção de Dan Curtis, a produção estreou em janeiro de 1973 com Darren McGavin no papel título. O sucesso levou a ABC a produzir um novo telefilme, novamente escrito por Matheson. "Kolchak A Noite do Estrangulador" trouxe um novo assassino em série. Embora não fosse um vampiro, ele também roubava o sangue de suas vítimas para, por meio de alquimia, utilizá-lo como elixir da juventude.

O roteiro para um terceiro telefilme foi escrito, mas entusiasmado pela reação da audiência, o canal ABC encomendou pela Universal a produção de uma série, sem a autorização do autor, Jeff Rice. Uma disputa por direitos autorais teve início (como vê, esta história de direitos autorais vem de longe). Após acertarem as diferenças, Rice recebeu o crédito de autor da série que estreou no dia 13 de setembro de 1974.

Sempre desacreditado pelos editores de jornais que não levam a sério suas teorias sobrenaturais, Kolchak enfrenta ao longo da série vários personagens do mundo sobrenatural, como múmias, zumbis, lobisomens, bruxas, fantasmas e demônios, além de Jack o estripador e Helena de Tróia que rouba a juventude das mulheres do século XX.

A série não repetiu o sucesso dos dois primeiros telefilmes e foi cancelada com apenas 20 episódios produzidos. Em 2005 retornou em um remake com Stuart Townsend. Mas também teve curta duração, com apenas 10 episódios produzidos. Kolchak teve sobrevida nos quadrinhos e na literatura, bem como no DVD, que foi lançado nos EUA (ei, Universal, alôôôôô!!!)

Sua importância para a história das séries de TV americana ainda é sentida, com produções como a já mencionada "Arquivo X", e sua spinoff "Millennium", "Jovens Bruxas/Charmed", "Buffy" e sua spinoff "Angel", e atualmente com "Supernatural", entre outras.

Cena do primeiro telefilme:


Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.