segunda-feira, 27 de julho de 2009

Comic Con 2009: Relatório dos Painéis de Farscape, Sanctuary, Ghost Whisperer, Flash Forward e Eastwick


Farscape

A série produzida entre 1999 e 2003 esteve presente na Comic Con deste ano para divulgar o lançamento em DVD pela A&E video. No painel estiveram presentes os atores Ben Browder e Claudia Black, o criador Rockne O´Bannon, e Brian Henson, representando a Henson Co. uma das produtoras da série.

Uma nova história em quadrinhos foi lançada pela Boom! Comics. A HQ da série apresenta as histórias de Aeryn Sun e John Crichton, que agoram têm um filho, situadas logo após os fatos apresentados no final da série. A trama desenvolve as histórias que teriam sido produzidas para a quinta temporada caso a série não tivesse diso cancelada pelo SyFy.




Há poucos tempo tinha surgido a notícia de que "Farscape" teria uma websérie com episódios de cinco minutos cada. O projeto ainda não foi posto em prática por questões financeiras, o mesmo em relação à versão cinematográfica que todos envolvidos com a série gostariam de fazer.

Filmada na Austrália, a série narrava a história de um grupo de seres que fogem de um regime autoritário, na nave Moya. Logo encontram John Crichton (Ben Browder), um astronauta americano que se vê longe da Terra. Aeryn (Claudia Black), uma das representantes do regime que se torna renegada e também se une ao grupo. Fãs de "Stargate" reconhecerão os atores Ben e Claudia que fizeram parte do elenco, interpretando Cameron e Vala. No episódio de número 200, eles fazem uma paródia de "Farscape".

Sanctuary

Presentes no painel estavam Damian Kindler e Martin Wood, criadores da série, e os atores Amanda Tapping e Robin Dunne. Esta é a primeira produção iniciada como websérie que ganha uma segunda temporada na televisão.

Nos novos episódios, os fãs poderão conhecer novos cenários e situações vividas em vários países do mundo. Na segunda temporada estréia com três episódios nos quais será apresentado o que aconteceu à Asley, seqüestrada por Cabal; Amanda Tapping irá dirigir um episódio chamado "Veritas" que terá a participação de Erica Cerra, de "Eureka". Outros convidados da série são Callum Blue, Michael Shanks e Chris Gauthier, também de "Eureka".

Um novo personagem entra para a trama. Trata-se de Kate, interpretada por Robin D´Arcy, uma espécie de Han Solo de saias. Uma mercenária free lancer que já trabalhou para Cabal. Enquanto que a relação entre Will e Magnus se intensifica, o público verá o retorno do Dr. James Watson (Peter Wingfield). Morto na primeira temporada, sua participação na série deverá ser em histórias situadas no passado.

Ghost Whisperer

Presentes no painel estavam os atores Jennifer Love Hewitt, David Conrad, Cmaryn Manheim, Jamie Kennedy e Christopher Sanders, juntamente com os produtores Ian Sander, Kim Moses e P.K. Simons.

A quinta temporada iniciará com um salto de cinco anos no futuro, no qual veremos o filho de Melinda Jim, Aidan, com cinco anos. Este episódio, de número 100, foi dirigido por Jennifer Love Hewitt. Aidan será um dos personagens importantes da temporada visto que ele demonstra ter poderes superiores aos da mãe. A trama também deverá explorar o mundo dos mortos.


Jim tem uma nova carreira, Ned está na faculdade e namorado, o mesmo acontece com sua mãe, Delia. O público deverá rever o cachorro fantasma, Homer, e ainda serão apresentados os pais de Eli no terceiro episódio. O pai será interpretado por Barry Newman, ator conhecido dos fãs de séries clássicas, que possívelmente será um fantasma; já sua mãe será interpretada por Martha Huber, de "Desperate Housewives".

Será lançado um video game da série, "Ghost Whisperer: Shadowlands", no qual o jogador poderá se transformar em Melinda com o objetivo de resolver problemas dos espíritos que entram em contato. Em novembro será lançada a revista "The Music Box", em dez edições. Não se trata de um produto derivado da série, mas um antigo projeto de Jennifer Love Hewitt. Publicada pela IDW Publishing com roteiro de Scott Lobdell, a HQ é uma série antológica que narra os poderes que uma caixa de música exerce sobre aqueles que a possuem.

Flash Forward

Estiveram presentes no painel os produtores David Goyer, Marc Guggenhei e Brannon Braga, juntamente com os atores Joseph Fiennes, Courtnbey B. Vance, Christine Woods, John Cho e Dominic Monaghan.

O produtor Goyer pediu que não comparassem a série à "Lost". Com base em um livro canadense escrito por Robert J. Sawyer, temos no episódio piloto da série personagens testemunhando flashes do futuro próximo, mais precisamente fatos que ocorrerão no dia 29 de abril de 2010. Sendo que, a história da temporada encerra apresentando os personagens vivendo no dia 30 de abril, as conseqüências das visões do futuro.No livro, as visões eram de 21 anos no futuro. Sawyer, que atuará como consultor, deverá escrever pelo menos um episódio da primeira temporada.



Ao longo do painel foi confirmado que o episódio de número sete deverá ser aquele em que ocorrerá mudanças significativas na trama. Dominic Monagham interpretará Simon, um personagem que será a chave destas mudanças. Já estão prontos os roteiros dos dez primeiros episódios.

Entre os mistérios a serem elucidados está a presença de um canguru no piloto. Ele deverá retornar em outros episódios. Também existem mais cinco ou seis detalhes escondidos no início da série, provavelmente nos flashes, que fazem parte do mistério. Os três primeiros episódios deverão apresentar três diferentes países.

Eastwick

No painel estiveram presentes os atores principais da série, Jaime Ray Newman, Rebecca Romijn, Lindsay Price e Paul Gross, juntamente com os produtores Maggie Friedman, que adaptou a trama, e David Nutter, que dirigiu o piloto.

A série tem como base o filme e o livro de John Updike, apresentando bruxas que vivem no subúrbio onde encontram o demônio que lhes faz a proposta de ajudá-las a lidar com seus poderes. A versão para a TV é a terceira tentativa de transformar a história em série. A primeira foi em 1992 e a segunda em 2002, com a produção de pilotos que não foram vendidos.

Adaptada para um drama leve, a história do livro para a TV é apontada como uma espécie de "Desperate Housewives" encontra "Charmed"; os críticos estão descrentes do sucesso da série, mas nenhum chega a afirmar que será um fracasso, tendo em vista a aceitação de público das duas produções citadas.

A série foi apresentada aos participantes do painel que conversaram com os atores sobre seus personagens. De novidade sabe-se apenas que Cybill Shepherd fará participação na primeira temporada da série interpretando Eleanor Rougemont, uma das bruxas a quem Daryll (Gross) seduziu nos anos 80.

"Eastwick" não chamou muita atenção da mídia no Comic Con, pouca coisa foi escrita a respeito. Mas encontrei estes dois videos abaixo.



Nenhum comentário:

Copyright@ 2006-2010 - Revista TV Séries. Textos com seus direitos reservados.